OPINIÃO

Assessoria de imprensa não é Marketing Digital e vice-versa!

assessoria_marketing_digital

As infinitas possibilidades que surgem diariamente nesta nova era da comunicação fazem com que algumas situações precisem ficar bem claras, tanto para nós, profissionais de comunicação, quanto para o mercado. E uma delas é que assessoria de imprensa não é Marketing Digital e vice-versa.

Em 31 de outubro, tive a honra de participar, como convidado, de uma mesa redonda da 2ª edição do ENASSI (Encontro Nacional de Assessores de Imprensa), na Assembleia Legislativa de São Paulo. No evento, fiz questão de ressaltar que nós, da área, temos esse importante papel de mostrar aos clientes a diferença entre essas duas atuações.

Obviamente que a comunicação integrada, com trabalho de assessoria de imprensa e Marketing Digital, é o cenário ideal, dos sonhos. E, de preferência, com o trabalho sendo feito por uma mesma agência ou um mesmo jornalista prestador de serviço.

Entretanto, o que muitas vezes o mercado vê é que a assessoria de imprensa, além de precisar conseguir mídia espontânea, se relacionar com jornalistas, fazer follow, agendar entrevistas e produzir releases e artigos, também deve gerenciar redes sociais, criar anúncios (em redes sociais e no Google), editar vídeos, escrever e diagramar e-books, elaborar páginas de captura e por aí vai.

Curso prático de Marketing Digital para jornalistas: clique aqui e inscreva-se! 

Eu mesmo, na RZT Comunicação, já precisei deixar bem claro em algumas reuniões com clientes que são produtos complementares, mas distintos. Neste caso, até mesmo a nomenclatura muda – é mais adequado falar em assessoria de comunicação do que assessoria de imprensa.

Repito: não há problema nenhum em fazer todos esses serviços. Muito pelo contrário! O jornalista de hoje precisa estar capacitado para desenvolver todas essas atividades acima, algumas delas inimagináveis até pouco tempo, mas é fundamental expor as diferenças entre os serviços.

Essa doutrinação ao mercado se faz necessária especialmente pelo reconhecimento justo que devemos ter. Caso contrário, tanto agências quanto assessores trabalharão mais, terão responsabilidades muito maiores, por uma remuneração incompatível. Exatamente como vem ocorrendo nas redações.

Material de apoio

Quer entender um pouco mais sobre Marketing Digital e produção de conteúdo? Baixe os e-books abaixo e comece a se preparar para esta nova era da comunicação.

Inscreva-se na próxima turma do curso “Marketing Digital para jornalistas”!

GRÁTIS: E-book Introdução ao
Inbound Marketing para jornalistas

GRÁTIS: Glossário de Marketing Digital
para jornalistas

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017