MARKETING & PROPAGANDA

Boa Esporte perde patrocinadores ao contratar goleiro Bruno

bruno - boa esporte
Bruno, de presidiário a contratado do Boa Esporte (Imagem: Divulgação)

Clube do interior de Minas Gerais que anunciou a contratação do goleiro Bruno na última semana, o Boa Esporte enfrenta problemas com alguns de seus apoiadores. Nos últimos dias, patrocinadores anunciaram rompimento com o time sediado na cidade de Varginha. Marca de suplementos alimentares, a Nutrition foi a primeira a encerrar a parceria com a entidade futebolística. Depois, a fornecedora de material esportivo Kanxa e o então anunciante máster, o Grupo Gois & Silva, anunciaram que deixam de ser parceiros do time.

Toda a fuga de patrocinadores está ligada à chegada do goleiro Bruno ao clube. Ex-jogador de Atlético Mineiro e Flamengo, Bruno Fernandes de Sousa, de 33 anos, foi anunciado como reforço do Boa Esporte dias após ser solto da prisão. Condenado por envolvimento no assassinato da ex-modelo Eliza Samudio, ele estava preso desde 2010 e ganhou a liberdade em 24 de fevereiro de 2017, graças a decisão liminar tomada pelo ministro Marco Aurélio de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A debandada de fornecedores e patrocinadores não tem assustado a diretoria do Boa Esporte. Em nota oficial divulgada no domingo, 12, a diretoria do clube mineiro  se amparou na questão judicial relacionada ao jogador que tenta voltar à sociedade e ao futebol profissional. “[O time] não foi o responsável pela soltura e liberdade do atleta Bruno, mas o clube e sua equipe, enquanto empresa e representada por seres humanos, dotada de justiça e legalidade, podem dizer que tentam fazer justiça ajudando um ser humano, mais, cumprem a legalidade dando trabalho a quem pretende se recuperar”, informa o texto assinado pelo presidente do Boa Esporte, Rone Moraes da Costa, conforme divulgado pelo GloboEsporte.com.

Site do Boa Esporte é invadido

A perda de patrocinadores não foi o único problema enfrentado pelo Boa Esporte nos últimos dias. No fim de semana, criminosos virtuais também demonstraram repúdio ao time por causa da contratação do goleiro Bruno. De acordo com os crackers, o acerto com o ex-jogador do Flamengo simboliza que o time e os anunciantes compactuam com a prática de feminicídio. Até o começo da noite desta segunda-feira, 13, o site da equipe mineira não tinha voltado à normalidade.