JORNALISMO

Capão News: Notícias da ponte para cá

A ideia de um veículo de comunicação na periferia surgiu da vontade de fomentar a transformação social por meio do jornalismo comunitário. Foi com esse objetivo que criei, em fevereiro de 2014, a Capão News (CN), página no Facebook que atualmente conta com mais de 60 mil seguidores, sem investimento em mídia e com foco em conteúdo informativo sobre o Capão Redondo, extremo Sul da cidade de São Paulo. Iniciei com pequenos informes sobre enchentes e trânsito, gerando um aumento no número de curtidas já nas primeiras semanas. Depois comecei a explorar outras pautas, como alertas de regiões perigosas e de pessoas e animais desaparecidos, divulgação de ações sociais e culturais e séries de imagens do próprio bairro.

Normalmente, as pessoas que moram do lado sul do mapa não se sentem representadas pelas grandes mídias convencionais, que priorizam dar destaque ao Capão Redondo somente quando notícias ruins são pauta. Claro que nem tudo são flores. De acordo com dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo (SSP), em 2014, o bairro foi apontado como o segundo mais violento da cidade, com 44 homicídios dolosos, quatro latrocínios, 86 estupros e 4.339 roubos. Em 2016, até maio, os números eram três homicídios dolosos, 0 latrocínios, 6 estupros e 314 roubos.

Equipe do portal Capão News (Imagem: Divulgação)

Mas, apesar da violência, o Capão Redondo, também, tornou-se polo de cultura nos últimos anos. O surgimento de centros culturais como Fábricas de Cultura, Centro Educacional Unificado (CEU), Fábrica de Criatividade e ONGs como Casa do Zezinho e Instituto Projeto Sonhar, e outras centenas de pessoas que lutam diariamente pela causa social, ajudam na transformação sociocultural do bairro. São essas iniciativas, essas pessoas, essas histórias que quero contar na Capão News e divulgar para o mundo.

Hoje, com a ajuda de pessoas que acreditam no projeto e que são engajadas no jornalismo comunitário, posso realizar meu sonho: desenvolver uma redação no Capão Redondo. Em 2015 conheci Gisele Alexandre, jornalista com 10 anos de experiência, que é Diretora de Jornalismo e Publicidade da CN e minha mentora. Juntos selecionamos 15 repórteres comunitários, do próprio bairro, para nos ajudar na produção de conteúdo com qualidade jornalística. Vamos produzir pautas relevantes sobre a comunidade, pela comunidade e para a comunidade.

Atualmente estamos no Facebook, Instagram e Twitter, mas em breve lançaremos nosso site, Portal de notícias Capão News, que será o carro chefe da redação, com conteúdo diário produzido por nossos repórteres. É de extrema importância o surgimento de projetos focados em comunicação comunitária. Temos que descentralizar e tirar o poder midiático das mãos de famílias dominantes, sempre vinculadas a políticos, que olham para as periferias apenas de longe. Seria um sonho distante? Talvez. Mas estamos aos poucos conquistando espaço, que é nosso por direito. A quebrada tem voz, e ela tá chegando cada vez mais longe!

Nailson Costa. Morador do Capão Redondo, estudante de jornalismo, fundador e diretor geral do portal de notícias Capão News e integrante do projeto Correspondente Universitário do Portal Comunique-se.

SOBRE O AUTOR

Foto de perfil de Correspondente Universitário

Correspondente Universitário

Projeto desenvolvido pelo Portal Comunique-se voltado à publicação de textos produzidos por estudantes de comunicação.

Participou de algum evento relacionado à comunicação social e deseja colaborar com o formato 'Correspondente Universitário'? Produza seu texto e envie o material para jornalismo@comunique-se.com.br - com o título do projeto no assunto.

2 Comentários

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017