JORNALISMO

Com apresentação de Cynthia Sims, Rádio Câmara lança programa sobre mulheres

Um espaço para debate dos projetos legislativos voltados para as mulheres

O novo programa da Rádio Câmara, “Mulheres de Palavra”, estreia nesta quinta-feira (9) com a apresentação da jornalista Cynthia Sims. Voltado para as questões de gênero, o programa irá ao ar quinzenalmente quinta-feira às 20h45, e será reprisado na sexta às 6h30.

Em meio a referências musicais e dicas culturais, utilizando um formato moderno, “Mulheres de Palavra” apresentará entrevistas com parlamentares, especialistas e cidadãs para trazer à tona o debate sobre temas como trabalho e emprego, segurança pública e participação política das mulheres.

Violência contra a mulher
Na estreia, será abordada a violência contra a mulher. O Mapa da Violência 2015 mostra que a cada 1,5 hora uma mulher é assassinada no País. São 13 mortes de mulheres por dia no Brasil, em geral assassinadas por pessoas de sua família, companheiros ou namorados.

Além do caso extremo do feminicídio, a violência contra as mulheres se reveste de inúmeras formas e intensidades, como o assédio, o estupro e a violência psicológica e patrimonial.

Números femininos
Dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, divulgada pelo IBGE em 2013, revelam que as brasileiras já somam 51,4% da população, são responsáveis pelo sustento de 37,3% das famílias, passaram a ter filhos mais tarde e possuem expectativa de vida de 77 anos de idade.

Apesar de pouco mais da metade da população brasileira ser mulher, em termos de direitos conquistados, elas ainda são minoria. Na Câmara dos Deputados, por exemplo, das 513 vagas existentes, apenas 10% são ocupadas por mulheres – um número inferior ao de países com menor consolidação democrática, como a Etiópia (38,8%) e a Turquia (14,9%). Comparado com os 34 países da América Latina, o Brasil ocupa o injustificável 30º lugar em participação política das mulheres.

A partir destes dados, a proposta do novo programa de rádio é dar elementos ao ouvinte para formar sua própria opinião acerca da importância dos temas que afetam a qualidade de vida, não só das mulheres, mas de toda a sociedade.

Participação popular
Para participar, os interessados podem enviar suas dúvidas ou sugestões de temas pelo Disque Câmara 0800 619 619, pelo e-mail radio@camara.leg.br ou pelo Facebook da Rádio Câmara.

Exposição é resultado da parceria entre a Universidade de Brasília e a Câmara dos Deputados. (Imagem: Victor Diniz)

Exposição
O trabalho do Poder Legislativo na luta pelos direitos políticos e sociais das mulheres também é tema da exposição “Oh, Igualdade! Por que tardas?”. São fotografias, documentos originais e livros que retratam os momentos em que o Legislativo discutiu a inclusão feminina na política, incluindo registros dos debates sobre os projetos de reforma das leis eleitorais do Império, entre 1831 e 1881, e as tentativas de aprovação do voto feminino durante a Constituinte de 1890-91.

A exposição pode ser conferida diariamente até o dia 26 de março, das 9 às 17 horas, na galeria de arte do Salão Nobre, no edifício Principal da Câmara dos Deputados.

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino