ESPECIAIS JORNALISMO

Com foco em redes sociais, BuzzFeed se consolida no Brasil com investimento em notícia e novo escritório

buzzfeed-nathaliacarvalho1
(Imagem: Nathália Carvalho)

Desde 2014, os leitores brasileiros foram impactados pelas listas. O conteúdo neste formato é tão familiar que parece que tem até mais tempo, não? Fato é que o BuzzFeed chegou às terras tupiniquins, conquistou a audiência e impulsionou, inclusive, certa mudança no modo como as redações tratam seus conteúdos nas redes sociais. O rápido crescimento permitiu que o site de entretenimento investisse em escritório, localizado no bairro paulistano de Pinheiros, e na área de notícias. A reportagem do Portal Comunique-se conheceu o espaço em primeira mão e conversou com a editora fundadora do BuzzFeed Brasil, Manuela Barem, sobre os novos projetos.

Antes de chegar ao BuzzFeed, Manuela trabalhava para o YouPix e já tinha passado por outros veículos, onde, inclusive, aproveitou a oportunidade para testar o modelo de lista em seus conteúdos. Foi assim que ela chamou a atenção dos executivos e diretores do BuzzFeed USA. Funcionária número um do site no Brasil, a jornalista logo ganhou a companhia de Rafael Capanema e Clarissa Passos, equipe que continua unida. Logo nos primeiros seis meses, o time foi ampliado até chegar à formação atual com 19 pessoas – 15 em entretenimento e quatro na nova divisão, chamada de News, além de outros dois profissionais exclusivos para o Tasty Demais.

buzzfeed-nathaliacarvalho2
Editora fundadora do BuzzFeed Brasil, Manuela Barem (Imagem: Nathália Carvalho)

Manuela conta à reportagem do Portal Comunique-se que o BuzzFeed foi criado para as redes sociais e adaptado para a realidade brasileira, mesmo com suas limitações de dados móveis. “Queremos incentivar as conexões e o brasileiro é muito sociável”. A jornalista tem razão na afirmação. Em pouco tempo de trabalho, a versão em português do site já representa o terceiro maior mercado de audiência do BuzzFeed, perdendo apenas para os Estados Unidos e o Reino Unido, ambos de língua inglesa. Manuela conta que os acessos por meio dos dispositivos móveis representam mais da metade da audiência do site. “O mobile é realidade. As pessoas consomem e compartilham muito conteúdo no celular”.

Quando questionada se o modelo de trabalho do site é o futuro da comunicação digital, a jornalista acredita que o BuzzFeed encontrou um caminho para conquistar os leitores, mas que muitos outros ainda serão descobertos. “Tenho certeza que não podemos deixar de revelar novos formatos. A internet chegou e é preciso ter modelos de negócio que atendam essa realidade. Não descobrimos um formato que salva o jornalismo. Descobrimos uma consciência de que o jogo não está ganho. Você precisa estudar e repensar a forma como você se comunica todos os dias”.

BuzzFeed News e novo escritório
Este ano foi de investimentos para o BuzzFeed Brasil. A divisão de News foi criada com nomes conhecidos da imprensa tradicional, como Graciliano Rocha (ex-Folha), Tatiana Farah (ex-O Globo), Alexandre Aragão (ex-Folha) e, mais recentemente, Severino Motta (ex-Veja), como foi noticiado em primeira mão pelo Portal Comunique-se. O escritório próprio localizado em Pinheiros também é resultado dos bons números alcançados pelo site no país.

Para a editora fundadora, o momento representa ganho de experiência. “Ter um espaço nosso no Brasil é muito importante, pois criamos raízes ainda mais fortes aqui. Neste ano, conseguimos criar a área de Business, para falar com as marcas, lançamos o Taty Demais e o News, que representa um momento de maturidade do projeto no Brasil. Temos muitas oportunidades de crescimento”.

Para o ano que vem, a expectativa é que as áreas ganhem ainda mais profissionais. As coberturas especializadas também terão reforço em temas como raças e LGBT. “Já temos o feminismo muito forte no Brasil. Assuntos de saúde mental também fazem parte do nosso editorial. Vamos criar outros canais distintos para tratar de pautas importantes como essas. Vamos seguir inovando e aprendendo com o passado. Trabalhar no BuzzFeed é ter cultura de laboratório sempre”.

buzzfeed-nathaliacarvalho3
(Imagem: Nathália Carvalho)
buzzfeed-nathaliacarvalho4
O novo escritório do BuzzFeed no Brasil (Imagem: Nathália Carvalho)

De onde vem o dinheiro?
Para falar sobre o modelo de negócios do site, a reportagem do Portal Comunique-se conversou com o diretor de estratégia de marca no BuzzFeed Brasil, Bruno Belardo. Ele explicou que a empresa se dedica a soluções de conteúdo nativo em diversos formatos, atendendo sempre às necessidades de cada cliente.

“Entendemos que as marcas devem se relacionar com as pessoas com um contexto humano, exercendo sempre a empatia, que é o elo mais forte nas relações humanas. Por essa razão, quando se vê algum conteúdo direcionado para públicos específicos como canhotos, paulistas ou pessoas em um relacionamento, a identificação que esse conteúdo causa em cada um desses grupos faz com que o compartilhamento seja sincero, tornando o conteúdo poderoso e de grande alcance”.

Por ora, a solução tem atendido as demandas de investimento do site. O modelo é responsável por conquistar mais de 1,5 milhão de seguidores na página do BuzzFeed Brasil no Facebook e outros 106 mil no Twitter, e mais de 12 milhões na fan page do Tasty Demais

SOBRE O AUTOR

Nathália Carvalho

Jornalista com oito anos de experiência em reportagem. Especializada na cobertura do mercado de comunicação, bastidores do jornalismo, marketing, publicidade e propaganda. Graduada pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação e pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia: Criação em Multimeios na Universidade Anhembi Morumbi.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino