MARKETING & PROPAGANDA OPINIÃO TEC & REDES

Como vender mais nas redes sociais

redes sociais

As redes sociais são canais muito poderosos para criar um relacionamento com o público e, até mesmo, gerar negócios. No entanto, hoje estar apenas nessas redes não é o suficiente para criar uma presença digital de sucesso.

Sendo assim, para gerar resultados extraordinários, é preciso ter estratégia. Diante disso, cada vez mais empresas têm investido no Social Selling. Essa tática é fundamental para perceber como a empresa pode extrair resultados mais expressivos desses canais.

A estratégia de utilizar as redes sociais não só como veículos de comunicação, mas como ferramenta de negócios é a base do Social Selling. Essa técnica consiste em utilizar todos os recursos que esses canais oferecem para aumentar a visibilidade da marca e criar um relacionamento com os clientes e potenciais clientes.

Consequentemente, essa aproximação com o público impacta positivamente a geração de vendas. Dessa forma, é possível atingir os objetivos do negócio alcançando as pessoas certas por meio das redes sociais. Entretanto, é importante lembrar que os consumidores não estão nesses perfis apenas para tomar uma decisão e compra.

Diferentemente do que algumas empresas imaginam, as pessoas estão presentes nas redes em busca de entretenimento. Por esse motivo, é preciso ter muito cuidado ao criar estratégia. Caso contrário, a imagem do negócio pode ficar comprometida e isso prejudica bastante a conquista e retenção de clientes.

Por isso, o Rafael Kiso, fundador da mLabs e especialista em marketing digital, elencou as práticas mais recomendadas para executar uma estratégia de Social Selling eficiente:

– Planeje sempre

Antes de colocar em prática qualquer ação de marketing digital, é preciso planejar. Afinal de contas, sem entender claramente aonde a empresa quer chegar, fica impossível definir o melhor caminho a ser percorrido. Por isso, busque compreender os principais objetivos ou resultados esperados com a presença da marca nas redes sociais. A partir daí, procure enumerar as táticas necessárias para alcançar cada meta.

Vamos imaginar que um empreendedor tenha como alvo aumentar a captação de clientes em 20%. Sendo assim, é necessário relacionar as atividades que devem ser executadas para atingir esse número. Ele pode incluir no cronograma a criação de um blog, a produção de conteúdo regular, o investimento em anúncios, a criação do SAC 2.0, dentre outras estratégias.

O planejamento também é importante no momento de avaliar os resultados. Ou seja, é fundamental identificar esses aspectos referentes aos objetivos e metas para saber se as estratégias estão trazendo os resultados esperados.

– Conheça bem com quem pretende falar

Parece óbvio, mas muitas empresas criam páginas nas redes sociais e generalizam a sua comunicação. É preciso saber quem é a persona, ou seja, o perfil que representa o cliente ideal que você pretende impactar.

Com volume intenso de informações na internet, a relevância do conteúdo é um fator determinante para chamar a atenção do público. Somente é possível ser relevante conhecendo as preferências do comprador ideal, o estilo de conteúdo consumido, etc.

As redes sociais também são uma excelente fonte para investigar os potenciais clientes. Portanto, faça uma pesquisa acerca do perfil dessas pessoas que representam o seu cliente para entender as suas principais características. Desse modo, as chances de criar engajamento são muito maiores.

– Lembre-se do funil de vendas

Outro ponto importante no momento de criar conteúdo para as redes sociais é considerar o funil de vendas. É fato que o consumidor percorre trajeto antes de se tornar cliente de uma marca. Na maior parte das vezes, quando ele entra em contato com uma empresa nas redes sociais, o potencial cliente ainda não está pronto para comprar.

Por essa razão, é de suma importância considerar as fases de topo, meio e fundo de funil. A proposta é educar os consumidores por meio de publicações até que eles estejam mais seguros para tomar a decisão de compra.

– Crie conteúdo na medida certa

Muitas marcas afastam as possibilidades de gerar negócios nas redes sociais porque não produzem conteúdo na proporção ideal. Isso quer dizer que, quando uma empresa divulga apenas os seus serviços, ela pode irritar vários consumidores.

Afinal, as pessoas estão em busca de informações úteis que resolvam os seus problemas. Sendo assim, utilizar a regra 80×20 ajuda a evitar problemas com a persona. Nesse método, 80% do conteúdo deve ser diversificado, com frases inspiradoras, vídeos com dicas, artigos do blog, por exemplo. Os 20% podem estar relacionados à divulgação das soluções que o negócio oferece.

Assim, as pessoas se mantêm informadas sobre o que a empresa faz, mas tem a oportunidade de interagir com a marca de várias maneiras. Com isso, os consumidores não se sentem cansados do bombardeio de conteúdo promocional.

Outro ponto interessante é observar as publicações que têm sido compartilhadas pelas pessoas. Desse modo, a empresa pode sugerir outros conteúdos com base no interesse do público. Isso é fantástico, pois é um passo importante para criar relacionamento e gerar vendas a longo prazo.

– Tenha um time qualificado

O processo de vendas praticado no Social Selling é bastante diferente do modelo convencional. Isso exige profissionais preparados para lidar com o apoio da tecnologia e extrair informações valiosas dos consumidores.

Invista na criação de uma equipe comercial que entenda as técnicas básicas de persuasão, mas que possua conhecimentos avançados em análise de dados, estratégia e, sobretudo, redação de texto.

Uma das táticas mais interessantes para incentivar o engajamento é deixar comentários relevantes nos grupos do Facebook. Além de demonstrar autoridade sobre o tema do mercado de atuação, os consumidores podem começar a interagir com a marca a partir desse contato. Mas atenção, participe comentando de acordo com o contexto da conversa para não correr o risco de ser considerado spam.

– Integre marketing e vendas

É claro que, para realizar vendas por meio das redes sociais, o time comercial precisa do marketing como aliado. Os profissionais de marketing podem fornecer informações importantes sobre o estágio em que os leads se encontram no funil de vendas.

Muitas vezes, um consumidor que está no Facebook já baixou um e-book sobre determinado tema e interage constantemente num fluxo de nutrição. Dessa forma, os vendedores saberão o momento oportuno de entrar em contato para fechar negócio.

– Monitore periodicamente

Uma das principais vantagens de atuar no ambiente digital é a possibilidade de mensurar resultados em tempo real. Ou seja, a qualquer momento, é possível aprimorar estratégias para alcançar resultados melhores.

Crie uma rotina semanal ou quinzenal para avaliar a performance das suas ações nas redes sociais. Como no marketing digital tudo é experimentação, é preciso monitorar frequentemente para entender o que é preciso mudar para aumentar o retorno sobre o investimento (ROI).

Agora que você já sabe como as redes sociais podem ser utilizadas estrategicamente para gerar vendas, que tal começar a sua estratégia de Social Selling?

*Rafael Kiso. Fundador da mLabs e especialista em markerting digital.

Leia mais…

5 erros comuns ao utilizar o gerenciador de Instagram

Dia do Social Media: 5 habilidades esperadas deste profissional

Facebook ou Youtube, qual a melhor plataforma para vídeos?

SOBRE O AUTOR

Leitor-Articulista

Espaço aberto para a veiculação de artigos produzidos pelos usuários do Portal Comunique-se. Para ter seu conteúdo avaliado pela redação, com possibilidade de ser publicado na seção 'Opinião', envie e-mail para jornalismo@comunique-se.com.br, com “Leitor-articulista” no assunto.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino