OPINIÃO

‘Desilusões Perdidas’: A mulher jornalista

Fica irritadíssima naqueles dias… de plantão.

Vive achando que seu texto está gordo e não cabe em nenhum template.

Demora um tempão em frente à tela experimentando o lead ideal.

Passa meses gerando algo muito forte dentro de si, tipo uma úlcera nervosa.

Assessora de imprensa, amamenta um bando de repórteres famintos e chorões em eventos.

É livre, é moderna. Já foi o tempo em que só cozinhava informação.

Sempre guarda um bloquinho básico na gaveta.

Sofre de Tensão Pré-Matéria Especial.

Não esconde a ansiedade esperando o “outro lado” ligar.

Fica toda molhadinha quando faz matéria de enchente.

Todo mês sangra. De tanto trabalhar.

Dá à luz um texto lindo, super fofo, cute-cute da mamãe.

SOBRE O AUTOR

Foto de perfil de Duda Rangel

Duda Rangel

Personagem criado pelos jornalistas Anderson e Emerson Couto, Duda Rangel é autor do blog Desilusões Perdidas, da página Jornalismo com bom humor no Facebook, e dos livros “A vida de jornalista como ela é” e “101 profissões fora do comum para pessoas nada normais”.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017