JORNALISMO

“Dormir apenas 5 horas” é requisito para conseguir trabalhar na revista Vogue

(Imagem: Reprodução/Vogue)

Um bate-papo com Daniela Falcão, diretora editorial da Editora Globo Condé Nast, Barbara Migliori, diretora de moda da Vogue, e Silvia Rogar, editora-chefe da Vogue Brasil, deu vida a seis dicas para profissionais que desejam trabalhar no impresso da Editora Globo. O texto afirma que “dormir apenas cinco horas por noite” e ter “flexibilidade física e emocional” são “o caminho das pedras” para se trabalhar na publicação.

A matéria com as dicas foi publicada na sexta-feira, 21. Assinado pela jornalista Luiza Mussnich, o texto afirma que além da “boa escrita, do imprescindível domínio do português e de um profundo conhecimento de história de moda – um mestrado especializado também sempre cai bem”.

Todos os tópicos contêm explicação. Entre as dicas, a equipe afirma que para trabalhar na Vogue o profissional deve ter boa memória, bom humor, saber fazer a própria unha e maquiagem, gostar de tirar selfie e se “multiplicar e ser multitasking“, já que pode acontecer de o profissional frequentar três festas na mesma noite e “escrever a crítica de um desfile a caminho de outro”. “É preciso jogar bem nas 11 posições, resumiu o time”, ressalta o veículo.

Na página oficial da Vogue Brasil no Facebook, os internautas comentaram a reportagem. O post tem mais de 500 compartilhamentos e 3 mil reações até o fechamento desta reportagem. Nas mensagens, alguns usuários reclamam dizendo que o texto é “absurdo” e outros afirmam que as dicas serão “como mantras” para conseguir uma vaga na empresa.

SOBRE O AUTOR

Foto de perfil de Nathália Carvalho

Nathália Carvalho

Jornalista com oito anos de experiência em reportagem. Especializada na cobertura do mercado de comunicação, bastidores do jornalismo, marketing, publicidade e propaganda. Graduada pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação e pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia: Criação em Multimeios na Universidade Anhembi Morumbi.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017