ESPECIAIS JORNALISMO TEC & REDES

Editora Abril migra todos os seus sites para plataforma WordPress

Site da Veja já está em WordPress (Imagem: Reprodução)

O ano de 2016 é de mudanças para a Editora Abril. Após a contratação do publicitário Walter Longo para a presidência e alterações em áreas estratégias, a empresa vai migrar seus sites para WordPress. O processo de mudança foi iniciado pela Veja e o resultado deu abertura para que todos os outros títulos fossem alterados. Em entrevista exclusiva à reportagem do Portal Comunique-se, o diretor de TI da Abril, Carlos Sangiorgio, revelou detalhes do projeto.

Os testes de migração começaram no mês de Abril, mas desde o início do ano a empresa começou a considerar a mudança. “Precisamos focar no nosso core business, ou seja, produção de conteúdo de qualidade. A tecnologia deve viabilizar a forma mais eficiente e eficaz de levar esse conteúdo a nossos leitores. Julgamos que WP é a melhor tecnologia para atingirmos esse objetivo”, explicou Sangiorgio.

Por enquanto, Veja, Capricho e Superinteressante já estão em WordPress. As demais marcas irão migrar aos poucos, sendo que todas irão ter seus sites reformulados. Para Sangiorgio, os resultados alcançados até o momento são excelentes. “Sites mais clean, rápidos e padronizados, o que facilita a venda de publicidade. A expectativa é posicionar a Abril na linha de frente dos produtos digitais”.

No total, 60 colaboradores foram envolvidos no projeto. A Editora Abril não revela quanto foi investido, mas os resultados já podem ser compartilhados. A empresa revela que o teste em Veja fez com que o viewability do site aumentasse 14%, saltando de 63% para os 72%. No mobile, o crescimento já atinge 70%, um aumento de 15%. Os dados são da MOAT, empresa americana que avalia a performance dos sites da Abril.

Quando o assunto é interação, houve ganho nos dispositivos móveis. Com o novo publicador, a Abril conseguiu três vezes mais interações do que a média do mercado. Os índices de KPI (sigla em inglês para “indicador-chave de performance”) de branding também tiveram aumento: a quantidade de cliques subiu 71% no desktop e 78% no mobile.

Diretor de marketing da Abril, Tiago Afonso afirma que está entusiasmado com os resultados. “Assim como já faz para o meio impresso – e comprovado pelos estudos da GFK -, a Abril busca desenvolver publicações e sites que, além de alcançar, conquiste a atenção da audiência. A qualidade do contato com as pessoas influencia a transmissão da mensagem e, como consequência, todos os indicadores de marketing”.

SOBRE O AUTOR

Foto de perfil de Nathália Carvalho

Nathália Carvalho

Jornalista com oito anos de experiência em reportagem. Especializada na cobertura do mercado de comunicação, bastidores do jornalismo, marketing, publicidade e propaganda. Graduada pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação e pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia: Criação em Multimeios na Universidade Anhembi Morumbi.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017