MAIS COMUNICAÇÃO

Em 2016, União gasta mais de R$ 179 milhões com assessoria de imprensa

(Imagem: Fábio Pozzebom/ Agência Brasil)

Os serviços terceirizados de assessoria de imprensa custaram pelo menos R$ 179.203.705,85 aos cofres da União. As informações são do site Poder 360, que revelou o balanço e o nome das agências que mais receberam recursos públicos. A reportagem ressalta que esse valor é a soma do que foi pago em 2016, sendo os serviços prestados e pagos no ano, além dos que foram feitos em anos anteriores e saldados no período.

De acordo com a reportagem do site comandado pelo jornalista Fernando Rodrigues, FSB Comunicação, a CDN e o Grupo Informe foram as empresas de assessoria mais beneficiadas. Juntas, elas faturaram em 2016 um total de R$ 122,8 milhões, o equivalente a 68,5% de tudo o que a União gastou com esse tipo de serviço. As outras empresas que prestaram serviços à União são Partners, Ideorama, Máquina da Notícia, BR Mais, RP1 Brasília, In Press e Exemplus.

O Ministério da Saúde foi o órgão que mais gastou recursos com assessoria de imprensa, registrando um total de R$ 25,2 milhões. Ministério do Esporte, Ministério do Turismo e Embratur, a Presidência da República e o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário completam o top cinco no ranking de quem mais gastou, respectivamente.

O site de Fernando Rodrigues ainda revela que em 2016 o setor de assessorias de imprensa registrou receita de aproximadamente R$ 2,3 bilhões, segundo informações do presidente executivo da Abracom, Carlos Henrique Carvalho.

A lista que mostra quanto cada empresa de comunicação recebeu, assim como quanto cada órgão gastou, pode ser vista neste link.

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino