JORNALISMO

Expulso do BBB: capa do Meia Hora “desenha” agressão de Marcos contra Emilly

bbb marcos emilly meia hora
Capa do jornal Meia Hora desta terça-feira, 11 de abril (Imagem: Reprodução)

Acabou a temporada de Marcos Härter no ‘Big Brother Brasil’. O cirurgião plástico terminou expulso do reality show da TV Globo após ser flagrado agredindo a estudante e também participante do programa Emilly Araújo, com quem se relacionou ao longo da atração. A decisão de eliminar Marcos aconteceu depois que a Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu inquérito para apurar o caso e concluiu que houve violência. Para não restar dúvidas de que Emilly foi, sim, agredida, o jornal carioca Meia Hora resolveu “desenhar” os acontecimentos na casa mais vigiada do Brasil.

A capa do Meia Hora que chegou às bancas na manhã desta terça-feira, 11, apresenta a chamada “Marcos é expulso do BBB por agressões a Emilly” e, ao lado esquerdo, uma sequência de imagens com as frases: “Não pode forçar beijo quando ela não quer”, “Não pode agarrar à força enquanto ela tenta escapar”, “Não pode imobilizar no chão, como UFC” e “Não pode segurar com força para conseguir a atenção”.

Por meio das redes sociais, o impresso publicou que agressões machistas como a de Marcos acontecem milhares de vezes, todos os dias, mas nem sempre há câmeras para registrar. “Não pode agredir, não pode forçar, não pode intimidar, não pode ameaçar. No BBB, causou uma expulsão. Na vida real, o machismo pode até matar”, comentou o veículo.

Até o fechamento desta reportagem, mais de cinco mil pessoas tinham compartilhado a capa do Meia Hora e outras quase 8 mil comentaram a publicação da marca no Facebook.

Agressões machistas assim acontecem milhares de vezes, todos os dias, mas nem sempre há câmeras para registrar. Não…

Publicado por Jornal Meia Hora em Terça, 11 de abril de 2017

Tiago Leifert anuncia expulsão de Marcos Härder

Na noite de segunda-feira, 10, ficou sob responsabilidade de Tiago Lifert comunicar as movimentações do dia, a visita da polícia, os depoimentos colhidos e a expulsão do brother. O jornalista e apresentador conversou com as participantes Emilly, Vivian e Ieda, agora finalistas do reality show.

A Globo se pronunciou sobre o caso em nota divulgada pelo portal de notícias G1. “Mais uma vez a Globo reafirma seu repúdio a toda e qualquer forma de violência, tendo evidenciado isso em todas as suas atitudes. Conforme esclarecemos no ar, na edição de ontem [domingo] do BBB, discussões como a que houve entre Marcos e Emilly, na madrugada de domingo, podem levar a agressões físicas, o que não é admissível. Nem no programa nem fora dele. Pelas regras do BBB, inclusive, agressões físicas são punidas com expulsão imediata. Por isso, a direção do programa chamou Marcos e Emilly, separadamente, ao confessionário no domingo. Marcos foi repreendido e alertado sobre seu comportamento e, a Emilly, foi reforçado todo apoio e abertura para reclamações e denúncias sobre qualquer participante, inclusive o parceiro. Na ocasião, Emilly não denunciou nenhuma agressão física”.

O que diz Marcos?

Após ser eliminado, Marcos usou o Twitter para se manifestar e se defender. “Como todo casal, passamos por momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão. Jamais tive a intenção de machucar física ou emocionalmente uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto”. Veja, abaixo, o post com o posicionamento do ex-brother:

 

 

SOBRE O AUTOR

Foto de perfil de Nathália Carvalho

Nathália Carvalho

Jornalista com oito anos de experiência em reportagem. Especializada na cobertura do mercado de comunicação, bastidores do jornalismo, marketing, publicidade e propaganda. Graduada pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação e pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia: Criação em Multimeios na Universidade Anhembi Morumbi.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017