Uncategorized

Festival de Cinema infantojuvenil recebe inscrições

cinema - de - animação

Aos 9 anos de idade, Felipe Leibold, participou da oficina Pequeno Cineasta.  De lá para cá, ele não parou mais de produzir e participar de atividades sobre o cinema.

No ano passado, compartilhou sua experiência com jovens de diversas partes do mundo em um workshop realizado na Dinamarca. Agora, aos 17, ele acaba de escrever e dirigir um longa-metragem.

No ano passado, Felipe escreveu e dirigiu junto com o amigo João Lucas, o curta Desconheço-te, vencedor em uma das categorias do Festival Internacional Pequeno Cineasta. Felipe conta como essa trajetória formou sua percepção sobre o mundo.

Conteúdo relacionado…

Ancine: Lei da TV paga ampliou produção audiovisual independente no país

Ancine: investimento no audiovisual para TVs públicas precisa ser aprofundado

PUC-RS inaugura Centro Tecnológico Audiovisual

Felipe já inscreveu no Festival deste ano um curta metragem de oito minutos chamado Pó. As inscrições para a décima edição do Festival Internacional Pequeno Cineasta estão abertas até o dia 30 de julho.

Podem se inscrever crianças de todo o mundo com idade entre 8 e 17 anos. A idealizadora do projeto Pequeno Cineasta, Daniela Gracindo, destaca que o objetivo é valorizar o olhar das crianças e adolescentes.

Produção infantojuvenil | Inscrições

As inscrições são gratuitas e os curta-metragens precisam ter de um a 10 minutos e podem ser de qualquer gênero: ficção, documentário, experimental ou animação. As obras concorrem em quatro categorias e devem refletir necessariamente as opiniões e pensamentos das crianças e jovens produtores.

O festival , que será realizado em outubro, no Rio de Janeiro, também tem um júri composto por crianças e jovens que já tenham experiência na realização de obras audiovisuais.

Ouça a reportagem da Radioagência Nacional sobe o festival de cinema: clique aqui

***** ***** ***** ***** *****

Reportagem: Raquel Júnia

SOBRE O AUTOR

Radioagência Nacional

Radioagência Nacional

Criada em 2004 e disponibiliza, de forma gratuita, conteúdos produzidos pelas emissoras de rádio da EBC e pelas rádios públicas parceiras, entre reportagens, entrevistas, programetes e spots. Os áudios são utilizados por mais de 3 mil emissoras cadastradas, entre rádios comunitárias, públicas e privadas.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se