JORNALISMO

Folha publica, despublica e republica acusação contra Mayer

O ator José Mayer (Imagem: Divulgação/TV Globo)

Dia movimentado na Folha de S. Paulo em relação a José Mayer. Na manhã desta sexta-feira, 31, o blog #AgoraÉQueSãoElas veiculou relato da figurinista Su Tonani, que acusa o artista da TV Globo de assédio sexual. Horas depois, a direção do veículo de comunicação tirou o texto do ar. Posteriormente, no site, foi divulgada a explicação de que o conteúdo foi excluído por desrespeitar o princípio editorial da publicação. No fim da tarde, com os posicionamentos do artista e da emissora registrados, o material voltou ao ar.

Mesmo com a alegação da Folha, de que o texto havia sido retirado do domínio da marca por desobedecer o que destaca o tópico 7 da nova lista de princípios editoriais do jornal (divulgada na quinta, 30), internautas criticaram tal atitude. No Twitter e no Facebook, parte dos usuários das redes sociais comentou a situação. Pelo microblog, um leitor avaliou que a ação só fez o assunto ter “mais lenha na fogueira”. No post em que direciona para o posicionamento sobre a retirada, teve gente que acusou a publicação de “apagar” o conteúdo como forma de atender um suposto pedido da TV Globo.

Em texto sem assinatura de ninguém do comando do jornal, a publicação informa que todos os colaboradores da redação e páginas mantidas pela empresa devem “só publicar acusação após ouvir e registrar os argumentos da parte acusada, salvo nos casos em que isso não for possível”. Com base nisso, o texto veiculado originalmente pelo #AgoraÉQueSãoElas foi republicado após a reportagem ir atrás das versões de José Mayer e da direção da TV Globo. O ator negou a acusação. “Respeito muito as mulheres, meus companheiros e o meu ambiente de trabalho”, disse, conforme publicado pela Folha. A emissora, por sua vez, afirmou não comentar assuntos internos.

Quando o texto voltou ao ar, a equipe responsável pelo #AgoraÉQueSãoElas falou do caso. “É um relato corajoso e necessário. Foi inicialmente tirado do ar dada a gravidade do depoimento abaixo. Após o devido trabalho de apuração e investigação do jornal e o esforço da redação de escuta do ‘outro lado’, as palavras de Su estão de volta a este epaço feito por e para mulheres em movimento lutando por igualdade”, diz parte do texto do blog. Atualmente, a página é mantida por Alessandra Orofino, Ana Carolina Evangelista, Antonia Pellegrino, Manoela Miklos.

Folha, José Mayer e a acusação de assédio

Em seu relato, a figurinista Su Tonani alega que José Mayer já a chamou de “vaca” e perguntou se ela nunca “daria” para ele. A profissional contratada pela TV Globo conta, ainda, que o assédio sexual por parte do ator começou há oito meses, período em que a novela ‘A Lei do Amor’ estreava na televisão brasileira. “Não quero mais ser encurralada, não quero mais me sentir inferior, não quero me sentir mais bicho e muito menos uma “vaca”. Não quero ser invisível se não estiver atendendo aos desejos de um homem”, relata a figurinista – cujo o texto completo pode ser lido aqui.

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli, a repórter Nathália Carvalho e a trainee Tácila Rubbo.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino