JORNALISMO

Globo realiza “imersão” de 20 talentos no ‘Profissão Repórter’

imersão - talentos - profissão repórter
A equipe do 'Profissão Repórter' se reúne com a Ènois Escola de Jornalismo, de São Paulo (Imagem: Globo)

O projeto Globo Lab selecionará 20 jovens talentos interessados em jornalismo de 11 instituições de ensino pré-determinadas, para imersão de cinco dias na redação do programa ‘Profissão Repórter’. A seleção será realizada por meio de reportagens produzidas em dupla e os responsáveis pelas 10 melhores serão premiados, também, com a exibição dos trabalhos na página do programa.

Lançado pela Rede Globo em 2015, para selecionar ideia de websérie para o GShow, o laboratório chega a terceira edição com intuito de promover a cocriação com jovens talentos. “Desenvolvemos o Globo Lab para podermos criar em parceria com esses jovens talentosos. E as duas edições que fizemos anteriormente nos mostraram que o modelo funciona muito bem, já que esse é um público que quer absorver informação, aprender e nos ensinar”, afirma o diretor de comunicação da Globo, Sergio Valente.

Antes de colocar o Globo Lab em curso, a equipe do programa fez oficinas nas instituições parceiras do projeto de cinco capitais brasileiras. Organizados em dupla, os estudantes que se inscreveram farão reportagem em vídeo, com duração de 3 a 5 minutos, de tema livre. Serão selecionadas as 10 melhores reportagens de acordo com a originalidade da história e do seu registro, a criatividade na condução da reportagem e o potencial de atratividade para o público do ‘Profissão Repórter’.

As duplas selecionadas para a imersão nos Estúdios Globo em São Paulo, irão conhecer a dinâmica de trabalho numa redação, receberão feedbacks sobre suas reportagens e terão tempo para aprimorá-las. Segundo os organizadores do projeto, a metodologia do Globo Lab é desenvolvida pelo Globo Universidade, área responsável pelo relacionamento da Globo com o meio acadêmico e com o jovem.

As 11 instituições participantes são UniBH e Oficina de Imagens (MG); Universidade de Brasília (UNB) e TV Jovem de Expressão (DF); Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Aurora Filmes (PE); PUC-Rio e Jornal Voz das Comunidades (RJ); Universidade de São Paulo (USP), Énois Escola de Jornalismo e Agência Popular Solano Trindade(SP).

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017