MAIS COMUNICAÇÃO MARKETING & PROPAGANDA

HemoRio lança campanha de doação de sangue no carnaval

Campanha de doação de sangue do HemoRio foi lançada com participação de integrantes da Portela (Imagem: Divulgação/HemoRio)

O Instituto Estadual de Hematologia (HemoRio), vinculado à Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, lançou a 14ª edição da campanha Vista a Fantasia da Solidariedade, para estimular doações de sangue. “Todo ano, a gente faz essa campanha de carnaval porque é uma época que tem uma baixa de doadores de sangue”, disse a gerente da Hemoterapia da unidade, Esther Lopes.

A campanha envolve as escolas de samba cariocas e tem como madrinha a rainha de bateria da Portela, Bianca Monteiro. “É de suma importância que cada um tenha tempo para doar não só sangue, mas amor, conhecimento. São só seis minutinhos e não faz mal nenhum”, disse a passista. Hoje, integrantes da Portela doaram sangue no Hemorio

Bianca contou que passou a doar sangue quando a avó precisou de uma doação para fazer uma cirurgia, há cinco anos. “Infelizmente, as pessoas só conhecem quando é necessário”.

Época crítica

De acordo com Esther Lopes, a queda de cerca de 30% no número de doações nesta época do ano ocorre porque muitos doadores frequentes viajam de férias nos meses de janeiro e fevereiro. No entanto, segundo ela, a demanda se mantém. “A vida continua. Nós temos cirurgias, acidentes, e precisamos de sangue. Então fica um desequilíbrio.” Além do carnaval, o número de doadores costuma cair em feriados como Natal e Semana Santa.

O HemoRio tem capacidade para receber até 500 doadores de sangue por dia. “O ideal seria que nós tivéssemos 350 doadores por dia, mas a média atual está em 250. Então, nós temos que aumentar, pelo menos, 100 doadores a mais por dia, nessa época, que é crítica para a gente”, disse Esther.

A campanha se estenderá por todo o mês de fevereiro. No próximo dia 9, haverá doação voluntária de componentes da Escola de Samba Vila Isabel; dia 16 será a vez do Estácio de Sá. No dia 21, o Bloco Vem Doar Pra Mim, criado por uma empresa privada do ramo de alimentação, pretende arregimentar foliões pela cidade para doar sangue em um cortejo que partirá da Candelária até o HemoRio, no centro da cidade.

Funcionamento

Durante todo o carnaval, o HemoRio vai funcionar de 7h às 18h para o recebimento de doações.

Para doar sangue, é preciso que o voluntário tenha entre 16 e 69 anos de idade, pese mais de 50 quilos, esteja em boas condições de saúde e apresente um documento oficial com foto. Os menores de 18 anos devem ter autorização dos pais ou responsáveis. Além disso, os doadores devem estar alimentados, devendo apenas evitar a ingestão de alimentos gordurosos quatro horas antes da doação e de bebidas alcoólicas 12 horas antes.

O HemoRio distribui bolsas de sangue para 180 hospitais públicos, incluindo as grandes emergências dos hospitais estaduais Getúlio Vargas, Souza Aguiar e Miguel Couto, e instituições conveniadas com o Sistema Único de Saúde (SUS). Mais informações podem ser obtidos por meio do Disque Sangue, no número 0800 282 0708.

Repórter da Agência Brasil: Alana Gandra
Edição: Luana Lourenço

SOBRE O AUTOR

Agência Brasil

Agência pública de notícias criada em 1989, logo após a incorporação da Empresa Brasileira de Notícias (EBN) pela extinta Empresa Brasileira de Comunicação (Radiobras). Em 2007, com a criação da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que incorporou a Radiobras, passou a integrar o sistema público de comunicação.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino