JORNALISMO

Homem se passa por repórter, aplica golpes e é preso

(Imagem: Divulgação/PCPE)

Um homem foi preso em Bezerros, no interior de Pernambuco, suspeito de aplicar golpes em estabelecimentos da cidade. De acordo com a Polícia Civil local, o cidadão identificado como Bento Alves Costa Neto, de 34 anos, foi detido na quarta-feira, 11, após dar calote em um hotel, posto de gasolina e restaurante. Detalhe: ele garantia a todos que era um repórter de fora do Nordeste.

Informações registradas pelo site NE10, o falso jornalista ainda contava com automóvel adesivado com a palavra “reportagem”. Ao noticiar o caso, o portal destaca que o homem afirmava que trabalhava para veículos de mídia sediados na região Sul. As autoridades responsáveis pelo caso pontuaram que, pela condição falaciosa de ser um profissional da comunicação, ele chegava a negociar produção de matérias positivas para políticos da cidade.

“Ele alega que ia pagar o hotel, mas observando toda a sistemática e todo o material apreendido, nós entendemos que ele está praticando estelionato, enganando as pessoas vendendo as matérias de jornais”, relatou o delegado Humberto Pimentel. O falso jornalista prometia que os conteúdos comprados pelos políticos seriam veiculados em publicações que, na verdade, não existem ou que ele – de forma indevida – usava em seu nome, como a Folha do Estado, do Mato Grosso.

A polícia ainda descobriu que os CNPJs dos jornais que o homem dizia representar tinha a mesma numeração, que por sua vez está registrada em nome de sua mulher, em Araguína, no Tocantins. O falso jornalista, que tem o ensino médio completo, foi preso em flagrante e deve ser encaminhado para o fórum de Bezerros para a audiência de custódia, a ser realizada ainda esta semana.

 

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017