JORNALISMO

Lula tem ação contra Merval Pereira rejeitada pela Justiça

lula - merval pereira - justiça
Lula pediu indenização por danos morais por causa de artigos de Merval Pereira (Imagens: Divulgação)

O ex-presidente Lula recorreu ao poder Judiciário contra o jornal O Globo e o colunista Merval Pereira, mas não obteve sucesso. O petista entrou com ação pedindo indenização por danos morais, pois se sentiu pessoalmente atacado em dois artigos assinados pelo jornalista em maio e junho de 2016. A Justiça, porém, rejeitou o caso, pois considerou a solicitação improcedente.

A decisão desfavorável ao ex-presidente da República foi tomada pelo juiz Mauricio Tini Garcia, da 2ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, cidade do ABC paulista em que Lula reside há décadas. Segundo informado pelo site de O Globo, o político solicitou R$ 100 mil como valor indenizatório, a fim de reparação por danos morais. Para tal, o ex-chefe de Estado argumentou que foi alvo de informações inverídicas.

Os conteúdos publicados na coluna de Merval Pereira que motivaram a ida de Lula à Justiça citavam, conforme registra reportagem do próprio O Globo, “informações do depoimento prestado pelo ex-deputado Pedro Corrêa, que firmou acordo de delação premiada”. O jornal afirma, ainda, que na ocasião em que os artigos foram veiculados, Lula pediu direito de resposta – o que não foi acatado pelas autoridades responsáveis.

O Globo pontua que teve a defesa no caso feita pelo escritório Sérgio Bermudes, que defendeu a liberdade de imprensa e analisou inexistir motivos para reparação por dano moral. Nesse sentido, a alegação feita pela publicação jornalística se saiu vitoriosa, com o juiz Mauricio Tini Garcia afirmando que agentes políticos devem estar cientes de que “estão sujeitos ao escrutínio popular sobre seus atos”.

Por fim, o magistrado de São Bernardo do Campo pontuou que o poder Judiciário não pode ser usado como instrumento que ajude a “desestimular a publicidade de atos de interesse público”. Até o fim da tarde desta terça-feira, 21, um dia após a divulgação da decisão da Justiça, o ex-presidente Lula não comentou o caso, o mesmo ocorrendo com o colunista Merval Pereira.

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017