MARKETING & PROPAGANDA

#MaisQue70: Revista AzMina cria campanha contra diferença salarial

az mina- mais que 70
(Imagem: Divulgação/AzMina)

A revista digital AzMina lançou campanha para questionar a desigualdade salarial entre homens e mulheres no Brasil. A iniciativa #MaisQue70, que estreou na quinta-feira, 23,  conta com apoio das cantoras Daniela Mercury, Tiê e Valesca Popozuda, para falar sobre os salários 30% menores para mulheres no mercado de trabalho.

Para anunciar a campanha, a revista publicou em sua página no Facebook três videoclipes – um de cada cantora – de músicas que já existem, com um porém: quando dado o play, só é reproduzido 70% de cada música, “o equivalente ao que mulheres ganham em comparação aos homens no mercado de trabalho” – como explicam as responsáveis pela ação quando o vídeo “acaba”.

Os outros 30% da reprodução de cada videoclipe foram “doados” pelas cantoras em apoio à campanha contra diferença salarial. Além de divulgar os vídeos, a Revista AzMina convida internautas a participarem da iniciativa por meio de hotsite, onde os apoiadores podem colocar o filtro da ação em sua foto e ajudar a disseminar a causa nas redes sociais.

“Desigualdade salarial existe, mas não deveria”, declaram as organizadoras do projeto ao fim de cada vídeo lançado. O clipe com maior alcance nas redes sociais até a tarde desta segunda-feira, 27, é o da música “Pimenta”, lançada pela cantora de funk Valesca Popozuda, com mais de quatro mil compartilhamentos e cerca de 14 mil interações no Facebook.

“Assista até o final, vamos compartilhar e apoiar a campanha #Maisque70! Precisamos questionar sobre a desigualdade salarial entre homens e mulheres! Eu estou nessa luta, e você?”, escreveu a cantora ao compartilhar o vídeo em sua fanpage.

Daniela Mercury também compartilhou o vídeo da campanha com seus seguidores no Facebook. “Mulheres ganham, em média, 30% a menos do que homens no mercado de trabalho. Então doei 30% da minha música pra questionar essa desigualdade salarial”, disse a cantora baiana.

 

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017