Como mudar a percepção e sua visão de vida

Quando se discute o termo de percepção é imprescindível falar também de programação neurolinguística. Pois quando se aprende que mapa não é território, ou seja, que cada pessoa tem um tipo comportamental, que cada pessoa pensa diferente diante do mesmo fato, que cada tipo de indivíduo vive o mesmo fato de uma maneira distinta, fica evidente que o termo percepção relaciona-se com a forma como uma pessoa interpreta um acontecimento.

dino

COMO MUDAR A PERCEPÇÃO E SUA VISÃO DE VIDA

São Paulo, SP, 28/04/2017 –

Quando se discute o termo de percepção é imprescindível falar também de programação neurolinguística. Pois quando se aprende que mapa não é território, ou seja, que cada pessoa tem um tipo comportamental, que cada pessoa pensa diferente diante do mesmo fato, que cada tipo de indivíduo vive o mesmo fato de uma maneira distinta, fica evidente que o termo percepção relaciona-se com a forma como uma pessoa interpreta um acontecimento.

O conhecimento de como enxergar melhor os fatos, abordando as dificuldades como aprendizado é muito importante. Logo, quando você começa a controlar suas emoções você aprende a controlar sua vida, a controlar seu dia a dia, e isso que traz a percepção. Por exemplo, quando você estiver passando por qualquer tipo de problema na vida pergunte-se: como uma pessoa que supera esse problema faz? Como posso ficar bem mesmo passando por isso?

Diante disso, mude sua percepção e torne sua vida melhor, pois se cada um tem suas características e onde pode ser mais bem aproveitado, podemos ser mais felizes com as nossas qualidades, e percepções.

Para o master coach e palestrante Lucas Santos, é muito importante você trabalhar o autoconhecimento para ter uma melhor percepção de vida, para isso uma dica é se perguntar: para quê eu cheguei nessa vida? O que me faz realmente bem e o que posso fazer para começar a ter mais isto em minha vida? A vida não é só pra nascer, crescer, viver e morrer não, você pode deixar seu registro, sua marca no mundo.

Outra ponderação é: Se você morresse neste exato momento, o mundo sentiria sua falta? Quem vai ser “o você” que as pessoas vão falar? Quando você partir, o que as pessoas vão comentar de você? Que você foi uma pessoa legal, que deixou ensinamentos, deixou uma história de vida bacana, o que vai ser?

A vida está aqui passando, e onde você vai chegar? Por que você faz tudo o que você faz? Seria tudo em vão? Comece a pensar, comece a ver suas percepções diante dos fatos, comece a ver o que você pode ser melhor, comece a ver no que você vai ser e fazer de diferente.

Como que você vai deixar um recado bom pra sua família? Se você morresse hoje quem sentiria sua falta? E o mais importante, você está realmente feliz? Se você não está, então é uma ótima oportunidade para começar a mudar, porque se você faz as mesmas coisas todos os dias, os resultados também serão os mesmos. Diante de tudo isso, mude sua vida e sua percepção que com certeza você será mais feliz, completa o especialista em desenvolvimento humano Lucas Santos.

Website: http://lucassantospalestrante.com.br/

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino
/* ]]> */