Empreendedorismo Feminino cresce e representa mais de 50% Mulheres que fazem transição de carreira

Como uma transição de Carreira pode ser mais simples e mais fácil para quem quer empreender

dino

“Eu pensava em ter tempo para cuidar dos meus filhos, mas nunca trabalhei em algum lugar que tivesse flexibilidade de horários.”

Rio de Janeiro, 14/06/2018 –

As mulheres vêm aumentado sua representatividade e inovado no mundo do empreendedorismo. “A taxa de empreendimentos iniciados no país, desde 2007, oscila entre 47% e 54% para homens e mulheres. Em 2016, a taxa foi de 48,5% para homens e 51,5 % para mulheres”, afirma a especialista em empreendedorismo Hilka Machado, professora da Universidade do Oeste de Santa Catarina.

Pesquisam mostram que o empreendedorismo feminino muitas vezes é movido pelo financeiro, mas não tem o peso muito forte. Antes de qualquer coisa, elas querem exercer uma atividade que traga satisfação pessoal. Outro motivo que as motivam a entrar no empreendedorismo feminino é de ter uma vida com mais propósito, algo que traga mais valor ao mundo e a elas. E o terceiro motivo, é a maternidade, onde buscam conciliar tempo para vida profissional e pessoal.

A especialista em Carreira, Gizelle Carreira, percebeu que não conseguia se adaptar aos padrões corporativos, aos quais foi submetida. Com sua personalidade enérgica, se viu no papel sem sentido e sem propósito com que sempre sonhou.  “Eu pensava em ter tempo para cuidar dos meus filhos, mas nunca trabalhei em algum lugar que tivesse flexibilidade de horários.”

Essa transição de Carreira aconteceu quando estava numa rotina, que muitas vezes eram mais de 12 horas de trabalho, declinou quando se viu com crise de ansiedade. Mesmo tendo trabalhado em grandes empresas, o mundo corporativo ficou cada vez mais distante dentro da sua realidade.

Após passar por um período tumultuado na vida pessoal e profissional, decidiu que era hora de se conhecer, fazer algo que tivesse sentido com seus propósitos e que trouxesse realização tanto no lado pessoal quanto no profissional.

A realização profissional sempre foi priorizada e após se formar em Coach, viu sua vida transformada e decidiu ajudar outras pessoas na mesma situação. Além de trabalhar com coaching de Carreira individual, criou grupos voltados para desenvolvimento de Carreira, liderança e empreendedorismo. “Acredito que a Liderança pode afundar ou alavancar os resultados de uma organização”.

Trata-se de uma iniciativa voltada para capacitar, inspirar e conectar empreendedoras do Brasil e do Mundo para que elas se encontrem na vida profissional, melhorem o desenvolvimento dos seus negócios e se conecte com outras pessoas com os mesmos desafios.

O grupo Mulheres de Carreira apresenta resultados expressivos, onde empreendedoras que participam melhoraram a gestão de suas empresas, aprendem a empreender e a se encontrarem na vida profissional. Além disso, buscam mais capacitação e participam da mentoria especializada e fazem mais networking. Esse grupo vai muito além. Ele também ajuda as mulheres a conquistar autoestima, uma mentalidade mais confiante e independência financeira para que continuem contribuindo para o desenvolvimento pessoal e profissional.

O grupo já conta com lista de espera e hoje já atende mulheres da Angola, Portugal, Brasil e Espanha.

www.gizellecarreira.com

 

Website: http://www.gizellecarreira.com

Notícias Corporativas

Prêmio Comunique-se 2018