Masimo anuncia a classificação CE do oxímetro Rad-97™ Pulse CO-Oximeter® e do hub de conectividade com pressão arterial não invasiva

NEUCHATEL, Suíça 20/03/2017 –
A Masimo (NASDAQ: MASI)
anunciou hoje a classificação CE das medições de pressão arterial não
invasiva (noninvasive blood pressure, NIBP) para o oxímetro Rad-97™
Pulse CO-Oximeter® e o hub de conectividade.

A Masimo (NASDAQ: MASI)
anunciou hoje a classificação CE das medições de pressão arterial não
invasiva (noninvasive blood pressure, NIBP) para o oxímetro Rad-97™
Pulse CO-Oximeter® e o hub de conectividade. O Rad-97 oferece
tecnologia de oximetria de pulso Measure-Through Motion and Low
Perfusion™ SET® (medição durante o movimento e em condições
de baixa perfusão) e a tecnologia atualizável de monitoramento não
invasivo de componentes sanguíneos rainbow® em uma
configuração de monitoramento compacta e autônoma que também é capaz de
coletar e transmitir remotamente dados a dispositivos conectados.

Esta Publicação Smart News contém multimédia. Ver aqui a publicação na íntegra:
http://www.businesswire.com/news/home/20170320006134/pt/

Masimo Rad-97™ Pulse CO-Oximeter® and Connectivity Hub with Noninvasive Blood Pressure (Photo: Busin ...

Masimo Rad-97™ Pulse CO-Oximeter® and Connectivity Hub with Noninvasive Blood Pressure (Photo: Business Wire)

O Rad-97 com NIBP permite que médicos meçam a pressão arterial de
pacientes adultos, crianças e recém-nascidos utilizando três modos de
medição: verificação pontual, intervalos automáticos (que mede a pressão
arterial rotineiramente em intervalos desejados) e intervalos estáticos
(que mede continuamente a pressão arterial por um período desejado). Uma
porta integrada permite que os médicos conectem uma mangueira de
inflação do manguito de pressão diretamente ao Rad-97 e é compatível com
manguitos descartáveis e reutilizáveis, permitindo a aplicação em
diversos tipos de paciente com confiabilidade e conforto para os
pacientes.

Com o acréscimo da NIBP ao Rad-97, os médicos podem mapear de maneira
fácil e automática os dados de pressão arterial diretamente do mesmo
dispositivo de monitoramento que mede saturação de oxigênio, hemoglobina
total e outros parâmetros não invasivos. Em instalações hospitalares,
quando utilizado conjuntamente com o Masimo Iris Gateway™ ou o Patient
SafetyNet™*, os dados do Rad-97 e outros dispositivos conectados pelo
hub Iris™ podem ser enviados diretamente ao registro médico eletrônico
(RME) dos pacientes. Com o Patient SafetyNet, alarmes e alertas de
dispositivos conectados são encaminhados diretamente aos médicos.

O Rad-97 inclui conectividade sem fio incorporada, via Wi-Fi e Bluetooth®.
Utilizando conexão Bluetooth ou um cabo USB, o Rad-97 pode se conectar a
dispositivos nas proximidades, como glucosímetros e balanças, e pode
permitir que os dados dos mesmos dispositivos sejam transmitidos
remotamente. O Rad-97 estará disponível para uso em redes residenciais e
empresariais para se conectar remotamente a sistemas de monitoramento,
inclusive o Patient SafetyNet. Dispositivos adicionais podem ser
anexados simultaneamente ao Rad-97 por meio do hub Iris.

O Rad-97 possui um monitor colorido de alta resolução 1080p HD com
navegação multitoque intuitiva, permitindo que médicos personalizem
facilmente o dispositivo para atender melhor às suas necessidades de
monitoramento e visualização. Os usuários também podem configurar
rapidamente o dispositivo para acomodar diferentes populações de
pacientes usando perfis personalizáveis. Uma bateria recarregável com
duração de sete horas permite que o Rad-97 seja usado em situações em
que seja necessária portabilidade ou operação prolongada sem acesso à
eletricidade. Um suporte de rolagem opcional permite o transporte do
dispositivo sem fio, oferecendo ainda mais flexibilidade em espaços
limitados.

O Rad-97 também estará disponível com uma câmera opcional, que poderá
ser utilizada com o Patient SafetyNet da Masimo. A câmera proporcionará
uma alimentação de vídeo com alta resolução, elevada taxa de quadros e
captação de áudio, podendo ser conectada à estação de visualização do
Patient SafetyNet. Quando utilizado com câmera em residências, o Rad-97
permitirá que pacientes e médicos interajam à distância, o que o torna
adequado como dispositivo de assistência para possíveis aplicações de
telessaúde.

Como o Radical-7®, o Rad-97 possui oximetria de pulso
Measure-Through Motion and Low Perfusion (SpO2, medição
durante o movimento e em condições de baixa perfusão), frequência de
pulso (FP) e índice de perfusão (IP). Os médicos podem adicionar outras
soluções de monitoramento, como PVi® para medições rainbow
SET™, hemoglobina total (SpHb®), metemoglobina (SpMet®),
frequência respiratória acústica (RRa®), carboxihemoglobina
(SpCO®) e teor de oxigênio (SpOC™). Também estão disponíveis
outros parâmetros, como Oxygen Reserve Index™ (ORi™, índice de reserva
de oxigênio) e frequência respiratória do pletismógrafo (RRp™), o que
faz do Rad-97 o menor dispositivo de cabeceira da Masimo atualmente
capaz de monitorar a plataforma completa rainbow SET.

“O Rad-97 oferece nossas principais tecnologias SET® e rainbow®
em um novo formato compacto, permitindo aplicações mais amplas em muitos
novos ambientes, inclusive residências, com seu hub e recursos de
telepresença”, comentou Joe Kiani, fundador e diretor executivo da
Masimo. “Estamos muito entusiasmados com a diversidade de possibilidades
com o acréscimo da medição integrada de pressão arterial.”

O Rad-97 não está disponível nos Estados Unidos.

@MasimoInnovates |
#Masimo

*A marca comercial Patient SafetyNet é usada sob licença da University
HealthSystem Consortium.

Sobre a Masimo

A Masimo (NASDAQ: MASI) é líder global em tecnologias inovadoras de
monitoramento não invasivo. A nossa missão é melhorar os resultados do
paciente e reduzir o custo dos tratamentos levando o monitoramento não
invasivo a novos locais e aplicações. Em 1995, a empresa lançou o
oxímetro de pulso Masimo SET® Measure-through Motion and Low
Perfusion™ (medição durante o movimento e em condições de baixa
perfusão) que, conforme demonstrado em diversos estudos, reduz
consideravelmente alarmes falsos e monitora com exatidão para garantir
que os alarmes sejam reais. O Masimo SET® também demonstrou
ajudar os médicos a reduzir a retinopatia grave da prematuridade em
recém-nascidos1, melhoria na triagem de cardiopatias
congênitas críticas em recém-nascidos2 e, quando utilizado
para o monitoramento contínuo nos centros pós-cirúrgicos, reduz as
ativações e os custos de resposta rápida3,4,5. Estima-se que
o Masimo SET® seja utilizado em mais de cem milhões de
pacientes em importantes hospitais e outros ambientes de assistência
médica de todo o mundo. Em 2005, a Masimo introduziu a tecnologia rainbow®
Pulse CO-Oximetry, permitindo o monitoramento não invasivo e contínuo
dos componentes sanguíneos que anteriormente exigiam procedimentos
exclusivamente invasivos, inclusive hemoglobina total (SpHb®),
teor de oxigênio (SpOC™), carboxihemoglobina (SpCO®),
metemoglobina (SpMet®) e, mais recentemente, os índices Pleth
Variability Index (PVi®) e o Oxygen Reserve Index (ORi™),
além de SpO2, frequência de pulso e índice de perfusão (IP).
Em estudos com SpHb, foramobservadas reduções nas
transfusões de sangue*6,7 e, quando utilizado com o PVi, foi
observada uma redução de mortalidade de 30 dias8. Em
2014, a Masimo introduziu o Root®, uma plataforma intuitiva
de conectividade e monitoramento de pacientes com a interface Masimo
Open Connect™ (MOC-9™), permitindo que outras empresas aprimorassem a
Root com novos recursos e capacidades de medição. A Masimo também está
assumindo um papel ativo de liderança em saúde eletrônica (mHealth), com
produtos como o monitor de pacientes vestível Radius-7™, o oxímetro de
pulso iSpO2® para smartphones e o oxímetro de
pulso de ponta de dedo MightySat™. Outras informações sobre a Masimo e
seus produtos estão disponíveis no site www.masimo.com.
Os estudos clínicos publicados sobre os produtos da Masimo estão
disponíveis em http://www.masimo.com/cpub/clinical-evidence.htm.

*Decisões clínicas quanto à transfusão de glóbulos vermelhos devem ser
baseadas no julgamento do médico, considerando, entre outros fatores:
condição do paciente, monitoração SpHb contínua e testes de diagnóstico
de laboratório, utilizando amostras de sangue.

Referências

  1. Castillo A et al. Prevention of Retinopathy of Prematurity in Preterm
    Infants through Changes in Clinical Practice and SpO2
    Technology. Acta Paediatr. Fev 2011;100(2):188-92.
  2. de-Wahl Granelli A et al. Impact of pulse oximetry screening on the
    detection of duct dependent congenital heart disease: a Swedish
    prospective screening study in 39,821 newborns. BMJ. 2009;338.
  3. Taenzer AH et al. Impact of Pulse Oximetry Surveillance on Rescue
    Events and Intensive Care Unit Transfers: A Before-And-After
    Concurrence Study. Anesthesiology. 2010; 112(2):282-287.
  4. Taenzer AH et al. Postoperative Monitoring – The Dartmouth Experience. Anesthesia
    Patient Safety Foundation Newsletter
    . Spring-Summer 2012.
  5. McGrath SP et al. Surveillance Monitoring Management for General Care
    Units: Strategy, Design, and Implementation. The Joint Commission
    Journal on Quality and Patient Safety
    . Jul 2016;42(7):293-302.
  6. Ehrenfeld JM et al. Continuous Non-invasive Hemoglobin Monitoring
    during Orthopedia Surgery: A Randomized Trial. J Blood Disorders
    Transf.
    2014. 5:9. 2.
  7. Awada WN et al. Continuous and noninvasive hemoglobin monitoring
    reduces red blood cell transfusion during neurosurgery: a prospective
    cohort study. J Clin Monit Comput. 4 fev 2015.
  8. Nathan N et al. Impact of Continuous Perioperative SpHb Monitoring.
    Proceedings from the 2016 ASA Annual Meeting, Chicago. Abstract #A1103.

Declarações prospectivas

Este comunicado de imprensa inclui declarações prospectivas conforme
definido na seção 27A da Lei de Valores Mobiliários de 1933, e seção 21E
da Lei de Bolsa de Valores de 1934, em conexão com a Lei de Reforma de
Controvérsias de Títulos Privados de 1995. Essas declarações
prospectivas incluem, entre outras, declarações associadas à possível
eficácia do Rad-97™ Pulse CO-Oximeter® da Masimo com pressão
arterial não invasiva. Essas declarações prospectivas têm como base as
expectativas atuais quanto a eventos futuros que nos afetem e estejam
sujeitos a riscos e incertezas, todos de difícil previsão e muitos deles
além do nosso controle, os quais poderiam fazer com que nossos
resultados reais divergissem de modo considerável e adverso dos
expressos em nossas declarações prospectivas devido a diversos fatores
de risco que incluem, entre outros: riscos associados a nossas
suposições quanto à capacidade de repetição de resultados clínicos;
riscos associados à nossa convicção de que as tecnologias exclusivas de
medição não invasiva da Masimo, inclusive o Rad-97 Pulse CO-Oximeter da
Masimo com pressão arterial não invasiva, contribuem para resultados
clínicos positivos e à segurança dos pacientes; bem como outros fatores
mencionados na seção “Fatores de risco” de nossos relatórios mais
recentes protocolados junto à Securities and Exchange Commission (SEC),
autoridade do mercado de valores mobiliários dos EUA, os quais podem ser
obtidos gratuitamente no site da SEC em www.sec.gov.
Apesar de acreditarmos que as expectativas refletidas em nossas
declarações prospectivas sejam razoáveis, não sabemos se nossas
expectativas serão corretas. Todas as declarações prospectivas incluídas
neste comunicado de imprensa são expressamente qualificadas em sua
totalidade pelas declarações de advertência precedentes. Advertimos os
leitores a não confiar indevidamente nessas declarações prospectivas,
que dizem respeito apenas à data de hoje. Não assumimos qualquer
obrigação de atualizar, corrigir ou esclarecer tais declarações ou os
“Fatores de risco” descritos em nossos mais recentes relatórios
protocolados junto à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), seja
ou não como resultado de novas informações, eventos futuros ou de outra
forma, exceto conforme possa ser exigido pelas leis de valores
mobiliários aplicáveis.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial
autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e
devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do
texto que tem efeito legal.

Contato:

Fonte: BUSINESS WIRE