OPINIÃO

O ataque de fãs do Bolsonaro à Cynara Menezes é o machismo online

cynara - bolsonaro - ataque online

Cynara Menezes foi jornalista da Folha de S.Paulo, Veja e Carta Capital, antes de transformar o blog Socialista Morena num negócio próprio. Além de qualquer crítica que você possa fazer às opiniões de Cynara, uma baixaria foi protagonizada por fãs do deputado Jair Bolsonaro. Isso nos leva a refletir que o machismo é um assunto recorrente na política, não interessa qual seja o espectro político

cynara - bolsonaro - ataque online

Escrevi há poucos dias que o ataque do colunista de extrema-direita Reinaldo Azevedo contra Joice Hasselmann era uma demonstração explícita de machismo na internet. O caso que envolve a fanpage do site Socialista Morena no dia 26 de fevereiro tem diferenças, mas traz o mesmo padrão preconceituoso nos ataques.

Com mais de 400 mil curtidas no Facebook, o blog da jornalista Cynara Menezes é um fenômeno. Mas ele não tem tal audiência à toa. Ex-repórter do jornal Folha de S.Paulo, Cynara cobriu momentos políticos importantes dos anos 90. Na revista Veja, ela acompanhou a campanha de Marta Suplicy à prefeitura de São Paulo em 2004. Ela também fez importantes reportagens na Carta Capital em Brasília.

A direita, e sobretudo a extrema-direita apoiadora de Jair Bolsonaro, constantemente acusa Cynara Menezes de ser apenas uma militante política e não a jornalista experiente que é. Por isso não surpreende 100% o ataque deles ao tomar conta da fanpage.

Eles colocaram dizeres como “100% BOLSONARO 2018”  montagens pornôs do deputado fazendo sexo com o político pró-direitos LGBT Jean Wyllys. A infantilidade dos ataques é risível, mas expõe um problema mais fundo e mais sério.

Cynara é uma repórter com carreira. Seus textos sobre o movimento de esquerda Libelu e a então candidata Luciana Genro em 2014 são exemplos de bom jornalismo com informação. Provavelmente os bolsonaristas desconhecem tais textos.

Eles não atacam Cynara Menezes por ela ser de esquerda. Curiosamente começaram os ataques por uma mulher, o que é covardemente mais fácil. A tal da “mulher socialista”, cujo título do blog é apenas uma brincadeira com uma expressão do intelectual Darcy Ribeiro.

Analfabetos funcionais e políticos, muitos dos militantes de direita na internet não tem sequer a educação de entenderem que o machismo depõe contra a causa deles. A esquerda merece sim críticas da direita, desde que sejam bem fundamentadas, para dizer no mínimo.

Os fãs do Bolsonaro preferem partir para a ignorância pura e simples. Como se a truculência e o escárnio tivessem algum efeito.

Depois, se Lula ganhar as eleições, não reclamem. Ok?

SOBRE O AUTOR

Pedro Zambarda

Jornalista e escritor. Teve experiência na Editora Abril (EXAME.com) e Globo.com (TechTudo). Atualmente, é editor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, além de ser colunista da rede social Storia e repórter do site Diário do Centro do Mundo (DCM).

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino