MAIS COMUNICAÇÃO TEC & REDES

PF prende suspeito de divulgar pornografia infantil na internet

A Polícia Federal prendeu em flagrante na quinta-feira, 16,  um suspeito de divulgar imagens pornográficas de crianças na internet, na região metropolitana de Salvador. A instituição declarou que não vai divulgar o nome do preso, de 39 anos, nem o da cidade onde ele praticava o crime.

No momento da prisão, o suspeito carregava arquivos digitais contendo imagens pornográficas de crianças e adolescentes. Segundo a Polícia Federal, as investigações eram feitas desde  2015, depois que a polícia internacional (Interpol) passou informações sobre um internauta brasileiro que disponibilizava esse tipo de material em redes sociais da Polônia.

A partir das informações, a PF identificou o suspeito e o local de onde ele acessava a internet. Por meio de uma autorização judicial, os agentes realizaram as buscas e apreensões e a prisão do homem. Entre os itens apreendidos estão cartões de memória, HDs e pen drives com as imagens que justificaram o flagrante. O material foi encaminhado para uma perícia que deve apurar a divulgação do material ilegal.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente” é crime. Caso condenado, o homem presos cuja identidade não foi revelada pode pegar de um a quatro anos de prisão.

Reportagem: Sayonara Moreno

SOBRE O AUTOR

Foto de perfil de Agência Brasil

Agência Brasil

Agência pública de notícias criada em 1989, logo após a incorporação da Empresa Brasileira de Notícias (EBN) pela extinta Empresa Brasileira de Comunicação (Radiobras). Em 2007, com a criação da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que incorporou a Radiobras, passou a integrar o sistema público de comunicação.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017