JORNALISMO

Por questões financeiras, Estadão demite Cristina Padiglione

Cristina Padiglione integrou a equipe do jornal por 16 anos (Imagem: Divulgação)

Quem abriu o Estadão desta quarta-feira, 3, procurando a coluna ‘Sem Intervalo’, assinada por Cristina Padiglione, não encontrou o tradicional conteúdo sobre os bastidores e negócios da TV. A jornalista, que trabalhava no veículo há 16 anos, foi demitida e deixa de atuar no impresso como repórter e colunista do ‘Caderno 2’.

Em contato com a reportagem do Portal Comunique-se, Cristina afirmou que a decisão foi motivada por questões financeiras. “A justificativa é corte de gastos. A opção por mim foi feita com base no valor do salário, que atendia à necessidade da vez”. Ela também afirma que não tem informações sobre o destino da seção de TV no jornal.

Cristina também falou sobre a saída do jornal em seu Facebook: “Foi muito bom enquanto durou, e até que durou bastante”. Na publicação desde 2000, ela editou os suplementos infantil e de TV e passou a assinar a coluna diária, além do blog na versão online. “Fiz montes de entrevistas deliciosas, críticas, análises, de novelas a programas políticos e Copa do Mundo, uma série de obituários de gente que me deixa muita saudade”.

A carreira da profissional começou aos 17 anos, na equipe da coluna de televisão que Ferreira Netto publicava na – hoje extinta – Folha da Tarde. Em seguida, atuou no Jornal da Tarde e na Folha de S. Paulo. “Vamos em busca de novas emoções. Todos os meus agradecimentos à turma do Limão”, encerrou Cristina. A mensagem sobre a saída surpreendeu leitores e colegas, que inundaram as redes sociais da profissional com mensagens de apoio, desejando sucesso em novos desafios.

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino