JORNALISMO

Programa faz jovens aprenderem com jornalistas experientes

programa-jornalismo-buenos-aires

Lançada em 2012, Jornalismo sem Fronteiras é um organização de formação para o mercado. Atualmente possui dois programas: Jornalismo & Poder, realizado em Brasília e com foco na cobertura política e o Jornalismo Sem Fronteiras, em Buenos Aires e com uma primeira edição recente em Madrid, para o trabalho de correspondente internacional.

A diretora da organização, Claudia Rossi, percebeu a demanda por uma formação mais ligada às questões práticas do cotidiano da profissão durante toda sua carreira como jornalista e pedagoga. “Meus trabalhos me permitiram sempre olhar para a reflexão da própria formação do jornalista”, conta ela, que já lecionou no ensino superior e teve estagiários jornalistas sob seu comando. “Nos estágios há pouco espaço para reflexão dos aprendizados e boa parte dos docentes nas universidades possui apenas a experiência acadêmica”.

 Uma das inspirações foi o Mestrado de Jornalismo parceria do El País com a Universidade Autônoma de Madrid. Rossi era uma recém graduada em pedagogia e aprendeu muito da experiência prática de jornalismo ali, desde a primeira aula do mestrado que fez no começo na década de 90.

 Os cursos da Jornalismo sem Fronteiras colocam os alunos em contato direto com alguns dos melhores profissionais da área e exigem a cobertura de eventos para entrega de textos ou vídeos. Cada edição dura no mínimo sete dias. É voltado principalmente para estudantes, mas vem crescendo a procura por pessoas querendo se recolocar no mercado. “As demissões nas redações aumentaram a demanda por formações que melhorem o currículo ou que elevam o número de contatos profissionais para quem já está formado”, conta Rossi.

As inscrições também são abertas a estudantes de outras áreas, ainda que a maioria seja de estudantes no meio da graduação de jornalismo.“No final de cada edição alguns alunos descobrem paixões no jornalismo não reconhecidas no período da faculdade, enquanto outros já nos disseram que perceberam que querem mudar de área. Por isso acreditamos que é fundamental ter contato com profissionais que compartilham experiências cotidianas”, conclui.

As inscrições para a próxima edição do programa de Buenos Aires, que será realizado de 04 a 14 de julho de 2017, estão abertas até 28 de março. O custo sem a estadia e as passagens é de quatro parcelas de US$ 337,50. Mais informações em: http://jornalismosemfronteiras.com.br/correspondente-internacional/.