CARREIRA JORNALISMO

Programa oferece Bolsa Liberdade de Expressão Orlando Sierra

A Relatoria Especial para a Liberdade de Expressão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) convida jornalistas e advogados a se candidatarem à Bolsa ‘Liberdade de Expressão Orlando Sierra’.

A bolsa tem início no dia 15 de fevereiro de 2017 e vai durar 11 meses, em Washington, nos Estados Unidos. Os bolsistas ajudam a Relatoria Especial e monitoram a liberdade de expressão na região.

O prazo para concorrer à bolsa termina no dia 11 de dezembro de 2016. Os candidatos devem ser cidadãos de um Estado membro da OEA e falar espanhol e inglês. Outros requisitos e a documentação necessária estão disponíveis no site de inscrição.

A bolsa recebeu o nome do jornalista colombiano Orlando Sierra Hernández, ex-diretor-adjunto do jornal diário La Patria em Manizales. Sierra escrevia uma coluna dominical chamada “Punto de Encuentro,” na qual criticava a política e a corrupção.

Ele foi baleado na frente do prédio do jornal no dia 30 de janeiro de 2002 quando chegava para trabalhar com sua filha. Após a morte de Sierra, vários de seus colegas criaram o “Projeto Manizales” para investigar sua morte. Esse projeto foi trazido à tona novamente após o assassinato de Guillermo Bravo em 2005 e as ameaças ao jornalista Germán Hernández em 2007.

O caso de Sierra é o primeiro na Colômbia em que toda a “rede criminosa” de um crime contra um jornalista foi condenada. Em 2015, o ex-deputado e político Ferney Tapasco foi condenado a 36 anos de prisão por ser o mandante do crime. Outros também foram mandados para a prisão por sua atuação no assassinato de Sierra.

A Relatoria Especial para a Liberdade de Expressão estabeleceu a bolsa no nome de Sierra em 2012, “como uma homenagem à coragem exemplar de Orlando Sierra e aos jornalistas que foram assassinados ou que arriscaram suas vidas e sua liberdade para defender o direito da sociedade a ser plenamente informada”, de acordo com o site da Relatoria.

SOBRE O AUTOR

Abraji

Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. Criada em 2002 por um grupo de jornalistas brasileiros interessados em trocar experiências, informações e dicas sobre reportagem, principalmente sobre reportagens investigativas. É mantida pelos próprios jornalistas e não tem fins lucrativos.

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino