JORNALISMO

PSB aciona Conselho de Ética contra deputado que assediou jornalista da CBN

wladimir costa
PSB acusa Wladimir Costa de assédio contra a jornalista da CBN (Imagem: Reprodução/Facebook)

O deputado Wladimir Costa (SD-PA), acusado pela jornalista da CBN, Basília Rodrigues, de assédio, foi levado ao Conselho de Ética em ação do Partido Socialista Brasileiro (PSB). A representação contra o político por quebra de decoro parlamentar foi apresentada na quarta-feira, 9.

Segundo as informações do G1, a acusação foi protocolada em nome do PSB porque apenas partidos políticos e o corregedor-geral da Câmara podem representar diretamente contra parlamentares no Conselho de Ética. A representação, de acordo com o deputado Júlio Delgado (PSB-MG), não pede punição específica. Portanto, este ponto ficará com o relator do caso no conselho, sendo que a condenação pode variar de uma advertência até a perda do mandato.

O deputado acusado enviou nota para o portal de notícias do Grupo Globo. No texto, ele se diz tranquilo. “O que nos absolve e nos deixa tranquilo é a convicção e a certeza de que em momento algum cometemos crime de assédio. A jornalista insistentemente pede para eu tirar a roupa, mostrar a tatuagem, eu disse ‘não’. Até que em determinado momento eu disse que ‘mostro só se for o corpo inteiro’. Corpo inteiro não quer dizer nu. Eu não falei em nenhum momento ‘eu quero ficar despido para você’, ‘eu quero ficar nu para transar com você’. ‘Para você eu mostro só se for o corpo inteiro’. Isso é assédio? Isso é crime? Pelo amor de Deus. Eu acho isso literalmente absurdo”. Wladimir Costa finaliza ao afirmar que está pronto para o Conselho de Ética e para a Justiça.

Entenda o caso

O caso aconteceu na noite de terça-feira, 1° de agosto, e a jornalista Basília Rodrigues falou sobre o assunto em texto veiculado em seu perfil no Facebook. Intitulado “Um ensaio sobre a idiotice”, o texto explica que a comunicadora pediu para ver a tatuagem do deputado após os rumores de que o desenho teria sido feito de henna. Em resposta, Wladimir disse: “Para você, só (mostro) se for o corpo inteiro”.

Segundo o relato de Basília, havia outros deputados, jornalistas e câmeras filmando o momento do assédio, mas que nada disso intimidou a atitude do político. “Nada disso ‘evitou’ uma gracinha ou uma ‘desgracinha’ machista. Parlamentares constrangidos vieram me pedir desculpas pelo comportamento do nobre colega. Idiotice sabe mesmo ser feito bala perdida”.

Mesmo com a situação, a jornalista da CBN foi atrás do deputado e insistiu em conseguir a informação que gostaria. Wladimir Costa disse que “tem tatuagens no corpo inteiro”, incluindo uma “íntima” feita para a mulher. No final, disse novamente que não mostraria o tal desenho feito com o nome “Temer” e ainda chamou a repórter de “amor”.

UM ENSAIO SOBRE A IDIOTICE Quando a gente volta de férias, quer mostrar as novidades. Algumas pessoas têm fotos,…

Publicado por Basilia Rodrigues em Quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Leia mais

 

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017