MAIS COMUNICAÇÃO

São Paulo recebe mostra cinematográfica de diretoras negras

(Imagem: Divulgação/Sesc-SP)

Oito filmes dirigidos por diretoras negras, entre eles Amor Maldito, de 1984, de Adélia Sampaio – o primeiro longa-metragem comandado por uma mulher negra no país e também o primeiro filme com temática lésbica – serão apresentados a partir de sexta-feira, 20, no Sesc Belenzinho, na zona leste da capital paulista.

A mostra, chamada A Magia da Mulher Negra, com curadoria de Kênia Freitas, também trará Cores e Botas (2010), de Juliana Vicente; Pariah (2011), de Dee Rees; e Caixa d´Água: Qui-lombo é Esse? (2013), de Everlane Moraes.

“A gente foi pesquisar, foi buscar temas e eixos, obras e atividades para falar do protagonismo negro na sociedade e nas artes de modo geral. Isso a partir da ideia de ativismo negro, das feministas negras, LGBT, das ações periféricas de São Paulo e de outras cidades”, destacou a programadora do Sesc Belenzinho, Natália Nolli Sasso.

Na mostra também serão exibidos Família Alcântara (2005), de Daniel e Lilian Sola Santiago; O Dia de Jerusa (2014), de Viviane Ferreira; Afronauts (2014), de Frances Bodomo e A Noite da Verdade (2004), de Fanta Regina Nacro.

O Sesc Belenzinho fica na rua Padre Adelino, 1000, Belenzinho. Mais informações no  site www.sescsp.org.br/belenzinho.

Reportagem: Bruno Bocchini
Edição: Augusto Queiroz

SOBRE O AUTOR

Agência Brasil

Agência pública de notícias criada em 1989, logo após a incorporação da Empresa Brasileira de Notícias (EBN) pela extinta Empresa Brasileira de Comunicação (Radiobras). Em 2007, com a criação da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que incorporou a Radiobras, passou a integrar o sistema público de comunicação.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino