ESPECIAIS MAIS COMUNICAÇÃO

SBT e Comedy Central se unem em projeto apresentado por Danilo Gentili

Danilo Gentili
(Imagem: Cleiby Trevisan)

O Comedy Central, o SBT e a Mixer Films se uniram em parceria inédita para produzir a versão brasileira do programa ‘A História Bêbada – Drunk History’. O formato original do canal pago foi exportado dos Estados Unidos, com a proposta de recontar e encenar versões “embriagadas” de fatos históricos do Brasil. Com data de estreia prevista para a próxima segunda-feira, 10, o programa será comandado por Danilo Gentili, que também exerce as funções de supervisor artístico, narrador e ator da produção.

De acordo com os responsáveis pela novidade, a atração “é diferente de tudo aquilo que foi visto até hoje”. O programa funciona da seguinte maneira: enquanto um artista convidado divide com a audiência, entre um drink e outro, sua versão de um fato histórico, um grupo de atores interpreta a narrativa.

“Todas as histórias são reais, mas deve-se levar em conta que todos os narradores terão consumido algumas doses de álcool. Assim, a tal liberdade ‘etílico-poética’ toma conta da produção”, diz Danilo Gentili ao apresentar a atração que, além do Brasil, conta com versões locais no México e Reino Unido.

drunk-history-brasil
(Imagem: Cleiby Trevisan)

Irão ao ar pelo Comedy Central oito episódios inéditos de meia hora de duração. A cada capítulo, três histórias serão contadas, totalizando 24 fatos da história do Brasil. Após as exibições no canal pago, as narrativas ganharão espaço semanalmente como quadro do ‘The Noite com Danilo Gentili’, no SBT.

“O Comedy Central Brasil tem investido cada vez mais em produções nacionais e, com ‘A História Bêbada – Drunk History’, temos a certeza de estar com os parceiros certos que irão contribuir muito para que o formato – de grande sucesso em outros países – seja um sucesso também entre a audiência brasileira”, declara o vice-presidente sênior da VIMN Americas e gerente de marca do Comedy Central, Federico Cuervo.

Nos bastidores do novo programa de Danilo Gentili

Além do apresentador, o time de narradores da atração é formado por personalidades do humor e da televisão como Diogo Portugal, Patrick Maia, Thiago Ventura, Léo Lins, Juliana Oliveira, Ben Ludmer e Alexandre Herchcovitch. Na pele dos personagens das histórias dos bêbados, a equipe conta com nomes como Leão Logo, Rita Cadillac, Carlos Moreno e Falcão.

“Minha preocupação sempre foi encontrar pessoas que realmente iriam beber, que não têm medo de se expor. Entregamos aos narradores de fato um capítulo real da história como ele é, sem nenhuma sugestão de gracinha se quer, para que a única interferência seja a bebida. A graça é a espontaneidade que a bebida traz. Parti do princípio que somos o telecurso do segundo grau, com a diferença de que o professor bebeu. O humor fica por conta da espontaneidade e da alegria que a bebida traz”, explica Danilo Gentili sobre o casting de parceiros.

Gentili-Falcão
(Image: Cleiby Trevisan)

‘A Independência do Brasil – A História não contada’, ‘Dom Pedro I e Marquesa de Santos – o primeiro nude do Brasil’, ‘Maria Quitéria – a Joana d’Arc brasileira’, ‘Carlota Joaquina – a ninfomaníaca que odiava o Brasil’ e ‘Lampião – sua paixão pela moda’ são alguns dos títulos do episódio que vão ao ar.

Para escolher as histórias, a diretora sênior de produção da Viacom Brasil, Elisa Chalfon, revelou que o trabalho foi feito por seis mãos, com as três empresas envolvidas da atração. “Fizemos uma pesquisa enorme e conseguimos muito mais histórias do que vocês podem imaginar. Fomos filtrando e vendo o que encaixaria melhor. No final, fomos muito felizes em nossas escolhas. Mas, basicamente, as escolhas das histórias envolveram muita pesquisa”.

Diretor geral do programa, Amilcar Oliveira explica que foram procuradas histórias com potencial de comédia e que, ao mesmo tempo, representassem a história do Brasil. Separados os fatos, a produção pensou em que narrador seria bacana para cada história.

“Mandamos a história para cada narrador, dando um tempinho para eles estudarem. A grande maioria se interessou e quis procurar mais informações sobre determinado personagem ou sobre o fato. Eles ficavam muito a vontade para contar as suas versões e era isso que a gente procurava”, declarou Oliveira.

Leia Mais:

Operadoras deixam de transmitir SBT, Record e Rede TV

SOBRE O AUTOR

Foto de perfil de Tácila Rubbo

Tácila Rubbo

Estudante do 7º semestre do curso de jornalismo da Fiam-Faam, 23 anos. Trainee de redação do Portal Comunique-se desde setembro de 2016. Começou na empresa como estagiária, função que desempenhou por um ano e dez meses. Atualmente, é a responsável pelo conteúdo de parceiros publicado no site, avaliando os materiais recebidos e mantendo contato com os “articulistas-parceiros”. Além disso, cuida de produções externas e, claro, produz notas e reportagens especiais.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017