JORNALISMO TEC & REDES

Senador do PT, Lindbergh Farias se baseia em “notícia” do Sensacionalista para criticar Doria

Lindbergh Farias (PT-RJ) em discurso no plenário do Senado. Parlamentar compartilhou notícia fictícia em sua página no Facebook

Senador pelo PT do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias viralizou no Facebook nas últimas horas. O motivo, no entanto, não é nada nobre ao parlamentar, já que o que o fez se destacar na rede social nem de longe está relacionado à sua atividade no Congresso. O petista virou motivo de piada entre milhares de internautas por usar uma “notícia” do site humorístico Sensacionalista para dar base a críticas contra o prefeito de São Paulo, o tucano João Doria, e ao PSDB como um todo.

“Hipocrisia que vemos do PSDB em São Paulo quebra barreiras. Doria limpou lugar que os garis já tinham limpado para tentar forjar imagem com o público pobre, aumentando em níveis surreais sua cara de pau”, publicou o integrante do Partido dos Trabalhadores – fazendo menção à atitude do prefeito paulistano em seu primeiro dia útil como chefe do Executivo da maior cidade do país: se vestir de gari e simular – por minutos – que estava varrendo algumas vias do centro da capital paulista.

A frase publicada por Lindbergh na noite de segunda-feira, 2, veio acompanhada de post do Sensacionalista, página de humor reconhecida por publicar informações inverídicas com estrutura – e linguagem – de notícias reais. A “informação” compartilhada pelo senador para tecer críticas ao adversário político dava conta de que Doria tinha usado uniforme de gari desenhado pela marca internacional Ralph Lauren. “Segundo um gari que estava próximo ao prefeito, na tentativa de varrer, Doria acabou empurrando a sujeira para debaixo de um tapete”, diz parte da “notícia” do veículo humorístico.

Sem mencionar se tinha ciência de que o texto do Sensacionalista era ficcional, o parlamentar fluminense se tornou alvo de usuários do Facebook. “Que mico… pro Sensacionalista”, ironizou o escritor e professor universitário Jorge Tarquini. “É sério isso? Está usando o sensacionalista como fonte?”, desacreditou o empresário Matheus Davidson. Até o fim da tarde desta terça, 3, o post do congressista segue no ar, sem ele comentar a respeito da crença (ou não) na veracidade divulgada pelo conteúdo do site cômico.

Atualização = minutos depois de a nota do Portal Comunique-se ir ao ar, o parlamentar fluminense  editou o post no Facebook e inseriu a seguinte mensagem: “a notícia é do sensacionalista mas a hipocrisia é real”.

SOBRE O AUTOR

Anderson Scardoelli

Jornalista, 27 anos. Formado pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e pós-graduando em "Jornalismo Digital" pela ESPM. Há oito anos no Grupo Comunique-se, onde idealizou os projetos 'Correspondente Universitário', 'Leitor-Articulista' e 'C-SE Acadêmico'. Na empresa, já atuou como freelancer (inserção de conteúdo), estagiário de pesquisa, estagiário de redação, trainee de redação, subeditor e editor-júnior. É, desde maio de 2016, o editor-pleno responsável pelo Portal Comunique-se e pelo conteúdo do Prêmio Comunique-se.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017