ESPECIAIS MAIS COMUNICAÇÃO

Como viver juntos? Teia GNT propõe reflexão em encontro com o público

Teia GNT - evento - SP
Teia GNT deste ano trouxe o tema "Como viver juntos?" (Imagem: GNT)

Para se aproximar do público e propor reflexões a cerca da questão “Como viver juntos?”, o canal GNT realizou na quinta-feira, 13, a segunda edição do Teia GNT. O evento gratuito e aberto aos telespectadores da emissora foi realizado no Instituto Tomie Ohtake, localizado na zona oeste de São Paulo, e contou com a presença de personalidades que discutiram o tema principal divido em três eixos de pensamentos pautados por cuidado, desejo e alegria.

Apresentadora do programa ‘Saia Justa’, Astrid Fontenelle comandou o encontro no auditório do local. “Estamos aqui para nos conectar e tecer a nossa própria teia, todos juntos no mesmo espaço, para repensar o tempo em que vivemos. Somos mais de sete bilhões de pessoas, habitando o mesmo planeta, ao mesmo tempo. Sete bilhões de mundos autônomos que agora, mais do que nunca, precisam se aproximar e tornar-se um só, coletivo, empático e humano. Como podemos viver juntos?”, disse a jornalista na abertura do evento.

Diretora do GNT, Daniela Mignani afirmou que, diariamente, o canal abre espaço para os mais variados assuntos e que, neste ano, o encontro com o público foi guiado por temas aparentemente simples e intuitivos, mas que estão presentes cotidianamente em toda a sociedade. “E por estarem presentes em nosso cotidiano, foram base para refletirmos como podemos viver melhor juntos, que é o tema do nosso Teia deste ano. Se queremos, definitivamente, um planeta mais empático, nós precisamos aprender a viver juntos”, declarou a executiva.

Programação da Teia GNT

O primeiro painel do encontro contou com a apresentação de Dex Torricke-Barton, norte-americano que já atuou em empresas como Google e Facebook, e hoje é CEO da Onwards, consultoria que visa ajudar comunidades e empresas a promoverem a paz por meio da tecnologia. O executivo compartilhou sua visão de como a tecnologia pode ajudar comunidades de cidadãos globais a alcançar um futuro melhor.

No período da tarde, o GNT trouxe a visão de 14 convidados sobre os temas cuidado, desejo e alegria. Para os painéis, a produção organizou palestras em formato conhecido mundialmente chamado petit a cutia, uma forma extremamente simples de apresentação: os convidados foram desafiados a compartilhar as suas vivências e olhares em apenas seis minutos e 40 segundos, com apoio de 20 slides com 20 segundos de duração cada.

Para falar sobre cuidado, foram convidados Raquel Rosenberg, David Hertz, Camila Carvalho, Camila Holpert e Jerá Guarani. Quando o assunto foi desejo, os palestrantes foram Arthur Nogueira, João Luiz Vieira, Bob Wollheim, Vera Lúcia Couto e Oswaldo Oliveira. O tema alegria ficou por conta de Flávia Durante, André Freire, MC Soffia e Marcio Libar.

O último momento do evento foi marcado por palestra ministrada pela diretora e roteirista Mara Mourão, que falou sobre temas como empreendedorismo social, inovação, ética, novos negócios, valores e propósito. Sua principal mensagem é de que todos podem mudar o mundo, bastando tomar consciência de eu próprio poder de transformação.

Todo o conteúdo dos painéis foi transmitido ao vivo na internet. As palestras ainda podem ser conferidas por meio canal da GNT no Youtube.

Outras atrações

No espaço Rooftop5, terraço do Instituto Tomie Ohtake, o GNT preparou praça de alimentação, além de série de atrações e atividades que funcionaram durante todo o dia. O Coletivo Meio Fio, mais uma vez, marcou presença no evento com a Oficina de Bordados, onde o participante recebia aulas de ponto cruz e podia levar o resultado de sua produção para casa.

Por meio de parceria com a Unidade de Vídeos Curtos da Globosat (VIU), a emissora trouxe para o encontro a Cabine de Reações ElesporElas, onde o visitante assistia a uma seleção de vídeos impactantes e que inspiravam reflexões. Ao final, o participante respondia às perguntas sobre o que assistiram. No canal oficial do GNT no Youtube, será publicado compilado das melhores reações.

Outra atração apresentada com exclusividade no Teia foi a versão pocket do Museu da Empatia. Na instalação “Caminhando em seus sapatos” o público podia escolher um dos pares de sapatos expostos, calça-lo, e, junto a um fone de ouvido, caminhar pelo espaço ouvindo depoimento do dono original da peça. A experiência propõe momento único de empatia e conexões, que levam o participante a repensar coletivamente a realidade social em que vivemos.

O GNT fechou evento com pocket show surpresa, comandado pela cantora e apresentadora do ‘Super Bonita’, Karol Conká. Durante a apresentação, a rapper interpretou músicas como Tombei, Bate a Poeira, É o Poder e Gandaia.

Leia Mais:

Empatia é o antídoto contra a intolerância nas redes sociais?

SOBRE O AUTOR

Tácila Rubbo

Estudante do 7º semestre do curso de jornalismo da Fiam-Faam, 23 anos. Trainee de redação do Portal Comunique-se desde setembro de 2016. Começou na empresa como estagiária, função que desempenhou por um ano e dez meses. Atualmente, é a responsável pelo conteúdo de parceiros publicado no site, avaliando os materiais recebidos e mantendo contato com os “articulistas-parceiros”. Além disso, cuida de produções externas e, claro, produz notas e reportagens especiais.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino