ESPECIAIS JORNALISMO

UOL promove mudanças e programação de conteúdo do UOL Música Deezer é incerta

uol mudanca deezer
(Imagem: Reprodução)

O UOL está promovendo mudanças em suas estruturas de conteúdo. A reportagem do Portal Comunique-se apurou que a empresa tem feito constantes demissões e promovido uma importante alteração no UOL Música Deezer, que pode encerrar sua programação de conteúdo para focar na parceria firmada com a Deezer desde 2015.

Os cortes no UOL refletiram em setores como UOL Estilo, UOL Notícias, Novas Mídias e na própria rádio, que dispensou dois operadores de som. As reformulações começaram a ser feitas em janeiro. A reportagem conversou com o diretor de conteúdo do UOL, Rodrigo Flores, que explicou que a empresa mantida pelo Grupo Folha passa por momento de reformulação. “O que acontece é um processo natural em qualquer empresa. Estamos reestruturando nossas áreas de conteúdo e algumas pessoas foram movimentadas para melhor atender este momento. Deste modo, demitimos e contratamos pessoas para as vagas. Não é enxugamento, tampouco redução de custo”.

Flores afirma que as equipes estão sendo reforçadas com pessoas de mercado. “Estamos trocando o perfil dos nossos profissionais e buscando pessoas alinhadas aos novos projetos. O processo de mudança é bom e necessário para atender as demandas que estão surgindo no UOL”. No total, a reportagem apurou que pelo menos 7 profissionais foram demitidos nesta reformulação, sendo três no UOL Estilo, dois no UOL Notícias, dois em Novas Mídias e dois na rádio.

UOL Música Deezer

Em 2015, quando o UOL anunciou a parceria com a empresa de streaming de música, a ideia era que a chamada Rádio UOL seguisse com conteúdo exclusivo produzido pelo portal, com entrevistas, indicações de playlists temáticas e programas sobre variados temas do circuito musical. Somado à programação, o internauta teria mais de 35 milhões de faixas musicais na plataforma Deezer. A própria página criada pelo UOL há época para explicar a mudança ressaltava que o UOL Música Deezer seria um espaço com “playlists renovadas e os já consagrados programas da Rádio UOL”, que continuariam disponíveis.

Flores comentou com a reportagem que, no processo de mudança e parceria com a plataforma, alguns programas deixaram a grade, como é possível analisar pelo próprio site do UOL. Por exemplo, o último registro do ‘Essenciais’ foi em abril de 2015. O mesmo acontece com o ‘Geração UOL’, com sua última edição em dezembro de 2015. A comunicação do UOL afirma que os programas eram “um extra”, sendo podcasts que “começam e terminam o tempo todo na internet”.

A reportagem questionou o UOL sobre programas que até recentemente estavam na grade, como ‘Talk Radio UOL’ (último programa foi em 2016), ‘Trip FM’ (último programa foi em 2016), ‘Combate Rock’ (último programa em 10 de abril de 2017), ‘Lado Bi’ (o último programa em 7 de abril de 2017) e ‘Ondas Tropicais’ (último programa em 3 de abril de 2017). O UOL explicou que algumas atrações realmente não existem desde o ano passado, as outras serão renegociadas ou encerradas.

O portal explica em detalhes que o ‘Talk Radio UOL’ foi apenas um piloto e não deve ser continuado, o ‘Trip FM’ é feito pelo parceiro, sem qualquer envolvimento do site, ‘Combate Rock’ e ‘Lado Bi’ também são feitos por parceiros e ‘Ondas Tropicais’ segue em negociação com a autora do programa.

A parceria com a Deezer segue normalmente.

SOBRE O AUTOR

Foto de perfil de Nathália Carvalho

Nathália Carvalho

Jornalista com oito anos de experiência em reportagem. Especializada na cobertura do mercado de comunicação, bastidores do jornalismo, marketing, publicidade e propaganda. Graduada pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação e pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia: Criação em Multimeios na Universidade Anhembi Morumbi.

COMENTAR

COMENTAR

Anúncio do Dino Divulgador de Notícias - vire notícia na internet

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017