OPINIÃO

Você é homofóbico? Ok. Então este texto é teu!

homofobia artigo opiniao guifer
(Imagem: Divulgação)

No dia 12 de junho de 2016, um atentado em Orlando (EUA) matou 50 pessoas em uma boate – essas que perderam suas vidas para o ódio disfarçado de mandamento religioso.

E ao contrário do que foi divulgado pelas autoridades na ocasião, o atirador não entrou na boate sozinho para cometer aquele crime pavoroso. Junto a ele, todos VOCÊS que disseminam diariamente preconceito contra os homossexuais também apertaram aquele gatilho várias vezes contra os próprios irmãos que lá estavam apenas para se divertir.

Preste atenção naquilo que você tem ensinado aos filhos, pois, se não considerou esse assassinato em série um sinal de alerta para refletir alguns discursos, certamente é uma pessoa problemática por quem o mundo deve ficar com um pé atrás daqui pra frente.

Não adianta ir à igreja, dar o dízimo, oferta, fazer jejum, frequentar vigílias, falar a ‘língua dos anjos’ ou se batizar, se quando na hora em que Deus mais precisa de você para levar a palavra dele de “amar ao próximo como a si mesmo”, você resolve virar suas costas às minorias, que, aliás, são os cidadãos que mais precisam de apoio e afeto.

Use um pouco o cérebro e se liga no mundo que você está construindo.
Desligue-se do pastor um segundo e vá ler sua bíblia para interpretá-la sozinho, como um ser inteligente que é sim capaz de tal feito.

Deixe de ser um cão adestrado e aprenda: o amor NÃO tem sexo. Cada um pode (e deve) ser feliz da forma que desejar, e não seguir as regras de acordo com o que você e/ou sua religião acham ser o correto.

Inclusive, é bom reforçar novamente o óbvio aos desavisados: homossexualidade não é uma escolha, e sim, uma condição. Desta forma, entenda que não estamos falando de doença ou birra, meu amigo. A pauta é: fulano nasceu assim (hetero ou gay), e ponto final.

Você, heterossexual, conseguiria “virar” homossexual? Claro que não.
E não é pq tu é o fodão do gênero (acredite!). Acontece que isso não se “vira”, se nasce. E se Deus permite que a pessoa venha ao mundo já com essa condição é pq obviamente que isso não é nenhum crime aos seus olhos.

Acorda!

Ninguém optaria em ser gay para ter o mundo todo enchendo o saco, para ser morto ou para ser agredido gratuitamente.

Sabe de uma coisa? As pessoas estão morrendo por causa dessa homofobia que você insiste em propagar pelo mundo, e pior: em nome de Deus. Muito cuidado com isso, ok? Atenção redobrada e boca lavada antes de mencionar o nome de Deus para camuflar seus preconceitos.

Não é aquela história do “pare que ta feio”. Antes fosse. Agora tornou-se real: pare porque as pessoas estão morrendo – e suas mãos cada dia mais sujas de sangue.

SOBRE O AUTOR

Fernando Guifer

Jornalista e escritor. Formado em comunicação social pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e especializado em jornalismo esportivo pela FMU. É autor do livro Diamante no Acrílico – entre a vida e o melhor dela, em que narra o período que acompanhou a batalha de sua filha, Laís, que nasceu prematura e ficou internada por 80 dias.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

VOTAÇÃO PREMIO COMUNIQUE-SE 2017