ESPECIAIS JORNALISMO

Votação do impeachment movimenta programação das TVs no fim de semana

(Imagem: Wilson Dias/Agência Brasil)

Nesta sexta-feira, 15, a reportagem do Portal Comunique-se conversou as emissoras para saber como a votação do impeachment vai mudar de programação das TVs no fim de semana. Band, Globo, Record, Record News, Rede TV e SBT explicaram como a pauta política vai refletir no conteúdo da grade.

Na Band, 12 repórteres vão cobrir a votação direto de Brasília, sendo que a programação vai receber o conteúdo de cobertura ao longo do dia. No domingo 17, os telespectadores não vão assistir ao jogo do Campeonato Paulista, por exemplo, pois foi antecipado para o sábado. No total, o canal quer dedicar mais de nove horas ao tema. A partir das 14h de domingo, de forma ininterrupta, Ricardo Boechat comandará o plantão do ‘Jornal da Band’ com as participações do cientista político Antonio Lavareda, do jornalista Boris Casoy e de Fernando Mitre, diretor nacional de jornalismo do veículo. A emissora também levará ao ar uma edição especial do ‘Canal Livre’, exibido logo após o ‘Pânico na Band’, que contará com a participação do cientista político Fernando Abrucio.

Algo parecido vai acontecer na Globo, que também vai transmitir jogos dos campeonatos estaduais no sábado. As praças que tiverem exibição do futebol terão os programas ‘Estrelas’ e ‘Caldeirão’ mais curtos e não receberão o ‘Sessão Comédia’ – as demais praças seguem sem alteração. O domingo foi reservado para receber entradas do jornalismo com a cobertura política e a transmissão ao vivo da votação do impeachment no plenário do Congresso. A emissora informou que trabalhará “a exemplo do que foi feito em 1992, última vez que o país passou por votação semelhante”.

A Record vai incluir flashes na programação e cobertura especial a partir de 11h de domingo. O conteúdo será apresentado por Celso Freitas (SP) e Adriana Araújo (Brasília). Emissora noticiosa pertencente ao mesmo grupo, a Record News vai ficar todo o fim de semana dedicada aos assuntos relacionados a política do país. O canal começou o trabalho na manhã desta sexta e promete ficar até às 23h de domingo veiculando conteúdo sobre o tema, com direito a imagens ao vido da Câmara e links em algumas cidades.

A Rede TV também se movimentou e a cobertura política ganhou prioridade no canal. Além de boletins ao vivo, a partir das 15h de domingo o canal abre espaço para transmitir parte da votação em um plantão especial sobre o assunto. A apresentação fica sob responsabilidade de Amanda Klein e parte da redação será transferida para Brasília. Em São Paulo, as equipes estarão mobilizadas para registrar toda a movimentação na Avenida Paulista, as manifestações populares, inclusive com suporte do helicóptero.

A emissora de Silvio Santos vai manter a programação normal, sendo que poderá haver interrupções no momento em que a votação estiver definida. A grande mudança fica com o programa de Roberto Cabrini, o ‘Conexão Repórter’, que será ao vivo com o objetivo de comentar o cenário político, fazer análises e mostrar a repercussão da votação.

SOBRE O AUTOR

Nathália Carvalho

Jornalista com oito anos de experiência em reportagem. Especializada na cobertura do mercado de comunicação, bastidores do jornalismo, marketing, publicidade e propaganda. Graduada pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação e pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia: Criação em Multimeios na Universidade Anhembi Morumbi.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino