JORNALISMO

Sobrevivente da tragédia da Chapecoense, Rafael Henzel lança livro

livro rafael henzel
(Imagem: Divulgação)

O jornalista Rafael Henzel acaba de lançar a obra Viva Como se Estivesse de Partida. O livro de 118 páginas traz relato emocionante sobre os momentos que antecederam o acidente e revela a jornada que o sobrevivente da tragédia traçou a partir do momento do resgate até sua recuperação.

O único jornalista sobrevivente do acidente participou do ‘Seleção SporTV’ para falar sobre a obra publicada pela Principium Editorial. De acordo com ele, o grande objetivo do impresso é passar mensagem de otimismo, esperança e solidariedade. Inclusive, esse ponto influenciou as negociações com a editora, que aceitou o pedido do comunicador em vender a obra por valor acessível (aproximadamente R$24,90).

“A gente chegou à conclusão de que o importante é a mensagem. As pessoas podem pensar que é um livro para ficar rico. Não tem nada a ver. Estamos bem estruturados em Chapecó. O principal é a mensagem que a gente quer passar”, afirmou Henzel durante a participação no programa.

Henzel afirma que se sente recuperado do acidente que matou 71 pessoas, entre elas jornalistas, tripulantes e quase todo o time Chapecoense. “Eu tive sete costelas quebradas (…) o pulmão está em pleno vapor, eu tive pneumonia, lesões nos pés. De tudo isso, estou recuperado. O principal está na cabeça. A cabeça estando bem, o corpo reage positivamente. São 201 dias do acidente”.

A obra do jornalista foi lançada nesta semana no Rio de Janeiro em evento na Livraria Saraiva, do New York City Center, na Barra da Tijuca, e em São Paulo em encontro na mesma rede de livrarias, no Shopping Pátio Paulista.

Leia mais:

Sobrevivente da tragédia da Chapecoense, jornalista Rafael Henzel volta ao trabalho

Rafael Henzel acompanha a Chapecoense na Libertadores

Famílias de jornalistas vítimas de acidente aéreo processam Chapecoense

 

 

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino