COMUNICAÇÃO

10 sites para acompanhar novidades sobre a cena brasileira de games

10 sites para acompanhar novidades sobre a cena brasileira de games
(Imagem: Reprodução)

Aqui no Drops de Jogos nós temos um carinho especial pelos games desenvolvidos no Brasil. A paixão do autor que vos escreve o texto vem desde o site Geração Gamer, que foi uma coluna no site TechTudo da Globo.com e hoje permanece como site parceiro do DJ. O editor de conteúdo, Kao Tokio, mapeou a cena em seu site Play’n’Biz.

No entanto, além da nossa própria cobertura, gostaríamos que cada vez mais a mídia nacional cubra o cenário para que os jogos ganhem visibilidade e, desta forma, vendam mais.

Por este motivo, fizemos uma seleção dos sites e das seções que trazem as novidades dos games produzidos dentro do Brasil. Se você deseja acompanhar estas novidades, estes são os endereços que recomendamos além da nossa seção Indie.

1. GameReporter
Um dos pioneiros na cobertura de games independentes nacionais, está no ar desde 2005. O projeto foi criado pelo professor da PUCSP David de Oliveira Lemes, o Dolemes. Com uma pegada acadêmica e altamente noticiosa, eles são parceiros do UOL e trazem textos de Luiz Silva nas últimas atualizações. No entanto, a equipe já contou com Renato Degiovani, o primeiro desenvolvedor brasileiro, e o jornalista Eduardo Emmerich (ex-Save Game).

2. IGN Brasil
Embora não seja o foco do site, a IGN em uma seção dedicada à produção nacional chamada “Brasil dos Games“. Lá eles elencam as principais notícias da cena nacional e chegam a resenhar os títulos brasileiros. O UOL Jogos, seu concorrente direto, não tem uma seção específica, mas faz importantes reportagens sobre o setor. Ambos possuem audiências e uma comunidade nas redes sociais do tamaho de portais (UOL, R7, Globo.com, iG, Terra), com milhões de visitantes.

3. Overloadr
Site fundado por Caio Teixeira, Heitor de Paola e Rique Sampaio em 2014, é uma iniciativa focada na produção de podcasts de games (Motherboard) e cultura pop (Bilheteria), além de vídeos no YouTube. Apesar da alta produção multimídia, a página elenca os melhores games brasileiros por ano e faz resenha dos mesmos games, além de trazer importantes depoimentos de criadores da indústria nacional, como Glauber Kotaki e Thais Weiller. Uma das iniciativas mais notáveis do Overloadr foi o “31 Gaems“, que misturou depoimentos pessoais de figuras da cenas com jogos clássicos. Vale a lida pela boa qualidade de texto e edição audiovisual.

4. Indústria de Jogos
Iniciativa de Maurício Alegretti, veterano na cena brasileira em empresas como a Smyowl, de Sorocaba, o site é focado em prestar informações e consultoria para desenvolvedores. Com atividades hoje na ABRAGAMES, Malegra fez importantes entrevistas via YouTube e hoje faz análises da indústria munido de repertório das suas experiências anteriores, que incluiu uma passagem pela Microsoft. É uma página altamente recomendável para quem quer fazer contatos e ampliar seus conhecimentos sobre os processos de produção de jogos eletrônicos.

5. Marketing e Games
Site fundado por Daniel Vekony, ele é focado sobretudo em na divulgação de jogos. Traz artigos de figuras da indústria e algumas notícias do meio. É uma página que não dispensa o bom humor, mesmo tratando de um tema mais específico na indústria.

6. Produção de Jogos
Extremamente segmentado, a página de Raphael Dias é focada em cursos, abertos ou pagos, sobre como criar um game. Traz entrevistas aprofundadas com desenvolvedores, além de um acompanhamento próximo com interessados no mercado.

7. TILT.net
Página de Renato Degiovani, o primeiro desenvolvedor de jogos no Brasil, traz conteúdos gratuitos e pagos relacionados com sua carreira e informações úteis para o desenvolvimento de games. Renato foi um dos pioneiros na cena brasileira de games por ter iniciado em 1981.

8. Player 2
Site de games mais generalista, Player 2 tem importantes podcasts e resenhas de jogos brasileiros. O site fundado por Wagner “Wakka”, Alex Benito, Rafa “Nóia” e uma equipe de jornalistas de Bauru não poupa o bom humor para falar sobre o Boteco Gamer e as principais novidades do cenário.

9. IndieSide
Projeto focado em games independentes, é uma iniciativa tocada por Danilo Bassouto, Lucas Ribeiro e uma equipe grande. Traz artigos em profundidade e lida essencialmente com toda e qualquer projeto com “indie” no nome.

10. SemTilt
Com foco forte em jogos offline e material independente, o SemTilt já colaborou com o site Geração Gamer e traz como jornalistas nomes como o de Bhernardo Viana, entre outros. É um lugar onde você encontrará novidades também sobre boardgames.

Outros sites
Embora não seja o escopo deles, páginas de tecnologia ou de videogames em geral dão espaço para títulos brasileiros. No caso dos tech, temos o TechTudo, Tecnoblog, TecmundoCanalTech, Estadão (Link) e EXAME.com.

No caso de sites de jogos mais generalistas, vale citar Bonus Stage, Combo Infinito, PlayReplay, Arkade, GarotasGeeks, GameBlast, Portallos, Red Bull Games e Jogabilidade, sendo que o último tem um podcast focado na cena chamado “Criador de Mundos“.

Se estiver faltando algum site, por favor, faça sua consideração nos comentários.

***** ***** ***** ***** *****

Conteúdo publicado originalmente no site Drops de Jogos.

SOBRE O AUTOR

Pedro Zambarda

Pedro Zambarda

Jornalista e escritor. Teve experiência na Editora Abril (EXAME.com) e Globo.com (TechTudo). Atualmente, é editor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, além de ser colunista da rede social Storia e repórter do site Diário do Centro do Mundo (DCM).

1 COMENTÁRIO

COMENTAR

Notícias Corporativas

Prêmio Comunique-se 2018