Portal Comunique-se

Por que as varizes surgem e como prevenir?

Apesar de não ser possível prevenir 100% o aparecimento de varizes, alguns hábitos que melhoram a circulação e o tônus muscular podem reduzir consideravelmente os riscos.

Compartilhe

São Paulo – SP 23/7/2021 – As varizes se formam porque estas válvulas não estão funcionando como deveriam.

Apesar de não ser possível prevenir 100% o aparecimento de varizes, alguns hábitos que melhoram a circulação e o tônus muscular podem reduzir consideravelmente os riscos.

Para muitas pessoas, as varizes são simplesmente uma preocupação estética. Para outras pessoas, elas podem causar dor e desconforto. Além disso, varizes podem levar a problemas mais sérios, já que é sinal de um problema com a circulação sanguínea.

O que são as varizes?

As varizes nada mais são do que veias tortuosas e dilatadas, originadas da alta pressão sanguínea exercida dentro dos vasos. Apesar de afetar qualquer veia superficial, é mais comum nos membros inferiores, atingindo principalmente as coxas, tornozelos e pés.

Por serem veias saltadas, as varizes mudam completamente a aparência da região afetada, que pode ficar mais escura. Além do incômodo visual, a condição também pode causar uma série de problemas, como a presença de inchaço, dores e úlceras na perna.

Varizes doem?

Muitas pessoas possuem essa dúvida e a resposta é bem simples. Dependendo do estágio clínico, principalmente as varizes das pernas podem, sim, causar certos desconfortos
físicos.

Tipos de varizes

Por existirem diversos tipos de veias em nosso organismo, existem diferentes tipos de varizes, cada um deles com suas próprias características, ou seja, uma pessoa pode desenvolver mais de um tipo de varizes ao mesmo tempo.
Entender e identificar os tipos de varizes presentes em cada caso pode ajudar a identificar as causas com mais facilidade, uma vez que os sintomas e progressões podem variar em cada um dos tipos, como explicado a seguir:

Telangiectasias – São pequenos vasinhos ramificados de coloração vermelha ou azulada que aparecem em qualquer parte do corpo;
Varizes reticulares – Essas varizes costumam se espalhar como redes e afetam uma área maior do que os outros tipos da condição. A coloração pode variar de vermelha para verde ou roxa, podendo gerar grande desconforto visual.

Estágios da formação de varizes

As veias transportam o sangue de volta para o coração. Os músculos das pernas ajudam a impulsionar o sangue para cima, mas as veias também contêm válvulas que desempenham um papel importante, impedindo que o sangue volte para trás.

As varizes se formam porque estas válvulas não estão funcionando como deveriam. O aumento da quantidade de sangue na veia empurra as paredes da veia, que podem já estar fracas, e a veia fica maior. Todo este processo ocorre em alguns estágios, que podem definir a gravidade da condição:

Primeiro estágio – Geralmente assintomático, ou seja, não apresenta dor ou desconforto;
Segundo estágio – Queixa principal de edema, sensação de peso, cansaço e queimação nas pernas, presença de cãibras, dor e coceira na região;
Terceiro estágio – Presença de alterações na pele como maior pigmentação, eczemas, celulites e descamações;
Quarto estágio – Estágio avançado de insuficiência venosa crônica com alterações microcirculatórias e fibroses.
Quinto estágio – Surgimento de úlceras, feridas abertas de difícil cicatrização.

Fatores de risco

Alguns fatores podem contribuir para o aparecimento de varizes, como:

Idade avançada;
Ser do sexo feminino;
Ter histórico familiar de varizes;
Gravidez;
Obesidade;
Sedentarismo;
Imobilidade ou mobilidade reduzida.

Tratamentos e prevenção

Após diagnosticada, a variz pode ser melhor tratada por meio de procedimentos cirúrgicos ou minimamente invasivos. Apesar de não ser possível prevenir 100% o aparecimento da condição, alguns hábitos que melhoram a circulação e o tônus muscular podem reduzir consideravelmente os riscos de desenvolver veias varicosas:

Manter uma rotina de exercícios;
Ter uma alimentação balanceada;
Atentar-se ao peso;
Evitar o uso contínuo de saltos altos;
Evitar o uso contínuo de meias e calças com bocas apertadas;
Evitar permanecer muito tempo na mesma posição.

Estas são medidas que podem ser adotadas no dia a dia para a prevenção da condição.

Folino & Gama – Clínica Vascular
Rua Domingos de Morais, 2187,
Vila Mariana, São Paulo-SP
(11) 5571-0734
(11) 94233-6373

contato@folinogamavascular.com.br

Website: http://www.folinogamavascular.com.br/

Compartilhe
0
0

DINO Agência de Notícias Corporativas

Agência de notícias corporativas. Conteúdos publicados em rede de parceiros online. Na lista de parceiros estão grandes portais, como os casos do Terra, do Metrópoles e do iG. Agência Estado e Agência O Globo também fazem parte desse time, assim como mais de uma centena de sites e blogs espalhados país afora.

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata