COMUNICAÇÃO

Afiliada da Record TV demite apresentador que xingou e ameaçou de morte ex-noiva

denian couto - jovem pan - grupo ric - afiliada da record tv
Fim da linha. Denian Couto está fora das afiliadas da Jovem Pan e da Record TV no Paraná (Imagem: reprodução/Instagram)

Após ter revelado áudio em que xinga e ameaça de morte a ex-noiva, a também jornalista Giuli Kuiava, Denian Couto tinha sido afastado do Grupo RIC. Na empresa de comunicação, ele trabalhava como apresentador das afiliadas da Record TV e da Jovem Pan em Curitiba

A direção do Grupo RIC (Rede Independência de Comunicação) decidiu na tarde desta segunda-feira, 1º de abril, dispensar em definitivo o comentarista e apresentador Denian Couto. Ele foi flagrado em uma gravação ameaçando de morte a ex-noiva, Giuli Kuiava, que é produtora na RIC, empresa que em Curitiba controla as afiliadas da Record TV e da rádio Jovem Pan.

A gravação foi tornada pública em reportagem de Amanda Audi para o site The Intercept Brasil, que teve grande repercussão em todo país. Em nota, Denian Couto classificou a gravação de “farsa”. Arrogante, disse que a questão está na Justiça e que seus advogados “conseguiram guarida para todos os seus pedidos”. Mas, ao que que se sabe, o mérito desse caso ainda não foi sequer discutido no judiciário.

No final da manhã dessa segunda-feira, 1º de abril, houve um protesto na frente da RIC, organizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná. O movimento constrangeu a direção da empresa e precipitou o desfecho do caso, com o desligamento do comentarista e apresentador, que é o mais ferrenho defensor do “bolsonarismo” na mídia paranaense.

Mudança de postura. Após falar em afastamento, Grupo RIC decide demitir o apresentador Denian Couto

A direção da RIC começou hoje mesmo a procurar um substituto para Denian Couto. O perfil desejado é o de um profissional que atue tanto na RIC TV quanto na rádio Jovem Pan Curitiba. Alguns dos consultados, não aceitaram repetir o papel desempenhado pelo comentarista “machão do microfone” e “sem mimimi”.

“Vou te matar se você não calar a sua boca” (Denian Couto em ameaça à jornalista Giuli Kuiava)

Leia mais:

Abaixo, imagens do protesto realizado pelo Sindicato dos Jornalistas do Paraná em frente à sede do Grupo RIC.  Os registros são do repórter fotográfico Joka Madruga.

grupo ric - protesto contra denian couto - sindicato dos jornalistas do pr
Mulheres pediram “basta” ao Grupo RIC. Empresa demitiu apresentador que ameaçou ex-noiva de morte
grupo ric - protesto contra denian couto - sindicato dos jornalistas do pr - 2
A jornalista ameaçada é contratada do Grupo RIC. Giuli Kuiava é produtora da afiliada da Record TV em Curitiba
grupo ric - protesto contra denian couto - sindicato dos jornalistas do pr - 3
Mulheres avisam: ameaça não é mimimi

***** ***** ***** ***** *****

Texto produzido especialmente por Valdir José Cruz, jornalista. Formado em jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), trabalha na Câmara Municipal de Curitiba e é professor na Universidade Tuiuti do Paraná (UTP). Anteriormente, atuou em veículos de imprensa paranaenses. Foi chefe de redação da Band, diretor da Rede Massa, diretor da CNT e repórter do Estadão.

SOBRE O AUTOR

Anderson Scardoelli

Anderson Scardoelli

Jornalista, 29 anos. Formado pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e pós-graduado em jornalismo digital pela ESPM. Há dez anos no Grupo Comunique-se, onde idealizou os projetos 'Correspondente Universitário' e 'Leitor-Articulista'. Na empresa, já atuou como freelancer (inserção de conteúdo), estagiário de pesquisa, estagiário de redação, trainee de redação, subeditor e editor-júnior. É, desde maio de 2016, o editor responsável pelo Portal Comunique-se e pelo conteúdo do Prêmio Comunique-se.