Portal Comunique-se

Lava Jato: blogueiro é alvo de condução coercitiva

O blogueiro Eduardo Guimarães foi levado na manhã desta terça-feira, 21, para prestar depoimento no processo da Lava Jato. O profissional que é editor do Blog da Cidadania foi conduzido coercitivamente até a Superintendência da Polícia Federal (PF) a pedido do juiz Sérgio Moro.

Em reportagem do UOL, a assessoria da PF de São Paulo explica que o mandato foi expedido pela Justiça do Paraná a pedido da polícia federal paranaense e cumprida pelo órgão em São Paulo. Guimarães prestou depoimento acompanhado de um advogado e foi liberado em seguida.

Em post veiculado no Facebook, a equipe do blogueiro falou sobre a medida. “É lamentável viver em um país em que a liberdade de imprensa está sendo pisoteada. E em que pessoas comprometidas com a informação e com a democracia sejam submetidas a todo tipo de constrangimento, por via da lei. A Constituição Federal garante aos jornalistas liberdade de expressão e proteção de suas fontes. Não podemos permitir mais esse arbítrio”, diz o texto.

https://www.facebook.com/eduguim/posts/1387292334654840

De acordo com a página Jornalistas Livres, a polícia chegou ao apartamento de Guimarães às 5h e levou o blogueiro, celulares da família e o computador pessoal do comunicador. Ele afirmou que não entendeu o motivo de ter sido levado de maneira coercitiva, já que nunca se recusou a depor. O editor acredita que a PF queria informações sobre quem repassara a ele, em maio do ano passado, a informação de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seria levado a depor, também coercitivamente, pela Polícia Federal em São Paulo na 24ª fase da Operação Lava Jato.

“Na verdade, eles já sabem quem me passou a informação de que Lula seria levado coercitivamente e teria seus sigilos quebrados. Recebi as informações de uma fonte e eles queriam saber se eu tenho alguma ligação com a pessoa que vazou, mas não conheço essa pessoa. Disse que divulguei porque é meu trabalho jornalístico – meu trabalho é divulgar”, explicou Guimarães.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1387454444638629&set=a.173026726081413.41826.100001222594327&type=3&theater

O UOL questionou a PF de São Paulo sobre a razão da condução coercitiva, mas não obteve detalhes. Nesta tarde, o blogueiro criou transmissão ao vivo para comentar o assunto.

https://www.facebook.com/eduguim/videos/1387518601298880/?pnref=story

#SouContraACensura

A página Jornalistas Livres vai promover nesta noite, 21, um ato de repúdio à prisão coercitiva de Guimarães. O encontro está marcado para as 19h no Sindicato dos Engenheiros, ao lado da Câmara Municipal, em São Paulo. O evento conta com transmissão ao vivo pela Fundação Perseu Abramo.

https://www.facebook.com/jornalistaslivres/photos/a.292153227575228.1073741829.292074710916413/499330600190822/?type=3

Compartilhe
0
0

Nathália Carvalho

Jornalista com mais de dez anos de experiência em reportagem. Especializada na cobertura do mercado de comunicação, bastidores do jornalismo, marketing, publicidade e propaganda. Graduada pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação e (FapCom) pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia: Criação em Multimeios na Universidade Anhembi Morumbi. Integrou a redação do Portal Comunique-se por mais de oito anos, onde se destacou na produção de reportagens especiais e implementou projetos audiovisuais.

Adicione um comentário

Publicidade

Papo de Redação

Prêmio 2021

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata

Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata