CARREIRA COMUNICAÇÃO

Edital de audiovisual está com inscrições abertas

audiovisual

Descobertas e/ou redescobertas é o tema proposto pela instituição para o seu sexto edital emergencial, agora voltado para profissionais criativos ou técnicos do setor de audiovisual

O mercado de audiovisual vem sofrendo com os impactos causados pela pandemia e pelo isolamento social. Muitos profissionais perderam seu emprego ou estão sem ter para quem ou aonde divulgar os seus trabalhos. Levando em consideração o cenário atual, o Itaú Cultural abriu ontem (16) as inscrições para o edital de audiovisual “Arte como respiro: múltiplos editais de emergência”, que já está em sua sexta fase — as anteriores foram sobre artes cênicas, música, artes visuais, poesia surda e literatura. As inscrições vão até amanhã (17), às 23h59, e devem ser feitas exclusivamente por esse link.

O tema proposto para os concorrentes é descobertas e/ou redescobertas, uma vez que está na essência da existência humana e, naturalmente, faz parte do enredo de tantos filmes entre prazeres, dores, afetos, desafetos, medos, ousadias, saberes, histórias, objetos, espaços, percepções da vida e demais possibilidades. Para o Gerente do Núcleo Nacional de Audiovisual e Literatura do Itaú Cultural, Claudiney Ferreira, a escolha do assunto abre possibilidades, fugindo um pouco do tema pandemia. “Nós não queríamos nada que enviesasse apenas o período de pandemia, mas algo que fosse mais amplo. O tema foi escolhido porque pode ser uma vida inteira de uma pessoa. Boa parte da vida de uma pessoa está muito indicada com suas descobertas e redescobertas, inclusive no período de pandemia” argumentou Ferreira, salientando que, além dessas questões, o tema foi proposto após um processo de curadoria. “Da infância à velhice, todos os dias é possível aprender algo novo ou enxergar algo com um novo olhar, com novos parâmetros”, reflete. “A proposta é fazer as pessoas apresentarem um pouco dessas suas experiências em materiais criados, a partir dessa provocação ou que já existiam, que abordam essa vivência”, completa.

Leia mais:

Curso de marketing digital para jornalistas está com inscrições abertas

Segundo Ferreira, o edital, claramente, não é a solução para os problemas desse mercado; mas ele julga ser de grande importância, pois mantém uma “chama acesa”, valorizando o trabalho fundamental desses profissionais. “É claro que não é um edital que possa resolver todos os problemas do mercado audiovisual nesse momento, que é um mercado que vem sofrendo, principalmente, com ações governamentais nos últimos anos”, reflete. “É um mercado super importante, que passou décadas se construindo. Espero que continue abrindo cada vez mais seu espaço no mercado internacional, seja com cinema ou com programas de TV — seja fechada ou aberta”, argumentou.

Nas outras fases do projeto, o número de inscrições variou entre 8 e 13 mil. O Gerente prevê um número parecido de inscrições e está na expectativa de bons trabalhos, assim como aconteceu nas outras etapas.Segundo Ferreira, o projeto busca atingir desde o cameraman até um diretor de imagem. A exigência é que o profissional tenha atuado com audiovisual nos últimos 12 meses, com materiais de comprovação.

Critérios e seleção

Devem se inscrever profissionais atuantes na área de audiovisual, em funções criativas ou técnicas, há no mínimo um ano. Será aceito apenas um vídeo por inscrição e CPF, embora possam ser inscritos trabalhos em coautoria, desde que quem o inscreva seja um dos autores e detentor de todos os direitos de imagem, autorais e de exibição do vídeo. Além da aderência ao tema Descobertas e/ou Redescobertas, é necessário que o vídeo seja finalizado com até três minutos de duração, seja ele de ficção, documentário ou experimental. 

Os trabalhos serão selecionados por colaboradores das áreas artísticas do Itaú Cultural, considerando-se, além dos critérios subjetivos e poéticos, a aderência ao tema, o cumprimento dos requisitos de participação e a análise da atuação profissional do proponente na área de audiovisual, de acordo com as informações fornecidas no formulário de inscrição.

Neste edital, serão contemplados até 200 trabalhos e cada um receberá o valor bruto de R$3 mil. Os nomes dos selecionados serão divulgados no site do Itaú Cultural no dia 14/7; com possível prorrogação a depender do volume de inscrições. A instituição não se responsabiliza por inscrições que não sejam concluídas nas últimas horas do dia 17 de junho de 2020 em razão de congestionamento do sistema, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados ou o upload de arquivos.  

Inscrições devem ser feitas no link:

https://itaucultural.formstack.com/forms/artecomorespiro_audiovisual