COMUNICAÇÃO

Equipe de jornalistas é agredida por médico

agressao diario de ribeirao pires
Jornalistas do Diário de Ribeirão Pires foram agredidos por médico (Imagem: Divulgação)

A semana começou tensa para a equipe de jornalistas do Diário de Ribeirão Pires, que foi agredida pelo doutor Ocilmar Dias Amaral Junior, médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. A agressão aconteceu enquanto a equipe apurava a demora nos atendimentos. Segundo a denúncia dos munícipes, as consultas estavam demorando muito, o que ocasionava espera de mais de seis horas. Ao apurar o tema, cinco profissionais do veículo ficaram machucados pelo ataque.

jornalista agredidoO Diário de Ribeirão Pires informa que a UPA estava sendo vítima de uma operação chamada “tartaruga”, que é quando os profissionais de saúde estão no local do trabalho, mas retardam os atendimentos, fazendo com que uma consulta de cinco minutos demore de 40 a 50 minutos. A situação é uma espécie de manifesto dos médicos concursados que não estão contentes com a obrigatoriedade do ponto biométrico, imposto pela prefeitura recentemente.

Diante da situação, o jornalista Rafael Ventura foi à UPA ouvir os pacientes e registrar o que os médicos estavam fazendo durante o horário de trabalho. O doutor Ocilmar Dias estava, por exemplo, navegando na internet. O flagrante foi gravado pelo cinegrafista quando a equipe entrou na sala do médico. Em seguida, ao deixar o espaço, o profissional da saúde partiu para a agressão.

A reportagem do diário mostra o momento em que Ocilmar parte para a briga. “O médico atacou o cinegrafista na tentativa de quebrar os equipamentos de gravação”, explicou o veículo. A situação deixou os jornalistas Rafael Ventura, Guilherme Duarte, Leandro Godoy, Diego Alves e Leonardo Constantino machucados. No final, o médico teve de ser mobilizado pela ROMU, equipe de elite da Guarda Municipal. Os profissionais da imprensa foram à delegacia prestar queixa e, nos próximos dias, o Diário de Ribeirão Pires vai abrir processo criminal contra o médico.

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) afirmou que a agressão não atinge apenas a liberdade de imprensa a profissionais no exercício de suas funções, mas também à própria cidadania. A Prefeitura de Ribeirão Pires informou que abriu processo administrativo para investigar o caso.

Veja na reportagem as imagens da agressão:

Jornalistas são agredidos por médico da UPA

Após ser flagrado, médico atacou jornalistas.

Publicado por Diário de Ribeirão Pires em Terça-feira, 12 de setembro de 2017

Acompanhe as publicações do Portal Comunique-se nas redes sociais:

instagram-comuniquese1youtube-comuniquese1

 

 

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli e a repórter sênior Nathália Carvalho.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas