CARREIRA

Estadão e Faap promovem fórum para discutir fake news

estadao faap fake news1

Na próxima semana, o Fórum Estadão-Faap realiza evento que discute campanha eleitoral e fake news

Está marcado para segunda-feira, 11, o Fórum Estadão-Faap, eventp dedicado a discutir campanha eleitoral e fake news. O encontro recebe o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux. A ocasião vai colocar em pauta temas como o financiamento das campanhas, o uso de redes sociais e o combate às notícias falsas, além das mudanças no cenário político.

Realizado na Faap, o fórum conta ainda com a participação do publicitário Lula Guimarães, coordenador de campanhas eleitorais; do presidente do Instituto Ethos, Caio Magri; do cientista político Rafael Cortez, da Consultoria Tendências; do professor de Marketing Político da Faap Celso Matsuda; do diretor de Análises de Políticas Públicas da FGV-Rio, Marco Aurélio Ruediger; do presidente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Daniel Bramatti; do coordenador do Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura, da Universidade Federal do Espírito Santo, Fabio Malini; e do jornalista Eugênio Bucci, professor da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

No total, a programação oferece dois painéis: “Como fazer campanha com mais ética e menos dinheiro” e “O uso da internet na disputa pelo voto”, mediados pela jornalista Vera Magalhães e pela coordenadora do Laboratório de Jornalismo da Faap, Edilamar Galvão, respectivamente.

O Estadão informa que os interessados em participar devem fazer sua inscrição por meio deste link. As vagas são limitadas. O Fórum Estadão-Faap será realizado no auditório 1 da Faap, na Rua Alagoas, 903, em Higienópolis, das 8h30 às 12h15.

estadao faap fake news

SOBRE O AUTOR

Redação Comunique-se

Redação Comunique-se

Equipe responsável pela produção de conteúdo do Portal Comunique-se. Atualmente, a redação é composta pelo editor Anderson Scardoelli e a repórter sênior Nathália Carvalho.

1 COMENTÁRIO

COMENTAR