COMUNICAÇÃO ESPECIAIS

Folha demite jornalistas, junta editorias e enxuga sucursal no Rio

Primeira página da Folha nesta quinta-feira, 8 (Imagem: Divulgação/Folha de S. Paulo)

Ao menos 10 jornalistas deixaram a redação da Folha de S. Paulo na tarde desta quinta-feira, 8. A direção do jornal iniciou a onda de cortes ao informar – internamente – que as equipes de duas editorias então distintas vão passar a trabalhar juntas: ‘Cotidiano’ e ‘Esportes’. Além disso, a sucursal no Rio de Janeiro passará por mudanças, com enxugamento do quadro de funcionários e mudança de escritório.

A junção das duas editorias será mais sentida no conteúdo desportivo. Então com “vida própria” no impresso, o caderno de ‘Esportes’ deixa de existir para ocupar algumas páginas do espaço dedicado a noticiar o que ocorre no dia a dia, principalmente na Região Metropolitana de São Paulo. No online, devido ao período olímpico e paralímpico, a parte esportiva figura, por enquanto, como subcanal de ‘Rio 2016’.

Com a decisão da direção do veículo de comunicação, a equipe esportiva é, até agora, a mais afetada com o passaralho de agora. Seis dos jornalistas que se dedicavam a cobrir futebol e outras modalidades foram dispensados. As demissões acontecem exatamente no primeiro dia de competições dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

Além dos profissionais de ‘Esportes’, pelo menos seis jornalistas de outras editorias deixaram a redação da Folha de S. Paulo nesta quinta. Demissões devem ocorrer até o fim de semana na sucursal do Rio de Janeiro. De acordo com fontes contatadas pela reportagem do Portal Comunique-se, o escritório na capital fluminense – atualmente no centro – deverá mudar de local e a equipe de repórteres locais será reduzida.

Até o momento, a direção do jornal não se posicionou oficialmente a respeito das mudanças. A reportagem do Portal Comunique-se enviou e-mail para o editor-executivo Sérgio Dávila e aguarda retorno.

SOBRE O AUTOR

avatar

Anderson Scardoelli

Orelhudo, observador e contador de histórias. Não necessariamente nessa ordem. De sua querida Estância Turística de Sapopemba, na zona leste de São Paulo, para o mundo. Graduado em jornalismo pela Uninove e com especialização em jornalismo digital pela ESPM, mas gosta mesmo de dizer que foi formado pelo Comunique-se. Trabalha na empresa há mais de 10 anos, indo de estagiário de pesquisa a editor sênior. No meio do caminho, foi estagiário de redação, trainee, subeditor, editor júnior e editor pleno. Gosta de escrever e de falar sobre (adivinhem?) jornalismo!

COMENTAR

COMENTAR