cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds Gestão profissionalizada pode impulsionar o turismo no país - Portal Comunique-se cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds
Portal Comunique-se

Gestão profissionalizada pode impulsionar o turismo no país

nutra brasil - topo mega banner
cURL Error: Connection timed out after 10000 milliseconds

Atentos à retomada do turismo no Brasil, diversos estados têm desenvolvido projetos de profissionalização das atividades ligadas ao setor. Uma destas iniciativas foi levada a cabo no território goiano, com o lançamento, em 2021, do projeto Goiás Turismo 4.0, desenvolvido pelo Sebrae-GO (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Goiás em parceria com a Goiás Turismo (Agência Estadual de Turismo do estado), que contou com a oferta de qualificação com cursos especializados para gestores de turismo, além de palestras e oficinas com convidados renomados.

A partir desta ação, o turismo local cresceu 16,6% em 2022 em relação a 2021, segundo pesquisa IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A receita proveniente do setor, ademais, teve alta de 33,1% no estado no mesmo período. 

Outra movimentação neste sentido vem do governo do Paraná. Lá, as secretarias estaduais do Turismo e da Educação, em parceria com a FecomercioPR (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Paraná) e o Senac-PR (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Paraná) vão oferecer à população, de forma gratuita, quatro mil vagas em cursos profissionalizantes no setor. 

Na visão de Marcos Jorge, fundador e CEO da RTSC, holding que apoia o desenvolvimento do turismo no Brasil, uma gestão de custos eficiente e a modernização da experiência são essenciais para impulsionar o crescimento do setor turístico. “Com uma gestão financeira adequada, as empresas podem otimizar seus recursos e oferecer serviços de qualidade aos visitantes”, diz. O empresário acredita que, ao incorporar tecnologias inovadoras e abordagens criativas, a experiência turística torna-se mais envolvente e personalizada, enriquecendo as vivências dos turistas.

Investimentos em estrutura e gestão 

Para o fundador da RTSC, o impacto da gestão profissionalizada do turismo é muito grande, uma vez que o turista tem o desejo de aproveitar da melhor maneira possível o tempo dedicado a conhecer aquele destino. Por isso, quanto melhor a estrutura desses destinos e capacidade de receber um número relevante de visitantes, maior a probabilidade de que uma boa experiência seja preservada. “Os turistas que viajam com mais frequência, em especial os estrangeiros, têm exigências muito maiores. Hoje, a competição pelo turista global é grande, com vários destinos disputando sua atenção via ações de marketing, feiras e, até mesmo, filmes”, salienta.

Segundo Jorge, para que as cidades brasileiras se insiram nesse cenário e ganhem relevância, é necessário que haja investimentos em infraestrutura, como hotéis e aeroportos.

Números do setor

Dados divulgados pela Embratur (Empresa Brasileira de Turismo) no final de julho mostram que os viajantes estrangeiros deixaram no nosso país US$ 508 milhões somente no mês de junho. Trata-se do segundo maior valor para o mês em quase 30 anos – só fica atrás de junho de 2014, ano da Copa do Mundo no país. Já no primeiro semestre do ano, a entrada de divisas com o consumo do turista estrangeiro no Brasil foi de US$ 3,229 bilhões, valor 7,2% maior que os US$ 3,075 bilhões registrados no mesmo período de 2019, último ano pré-pandemia.

Entre os meses de janeiro e agosto de 2023, o país já recebeu 4 milhões de turistas estrangeiros. Segundo cálculos da Embratur, o número representa 111% do total de 2022 e reafirma a tendência de recuperação do setor.

De acordo com os dados do Novo Caged (Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) em agosto, o setor de turismo foi responsável por gerar aproximadamente 122 mil novos postos de trabalho de janeiro a julho deste ano. Esses números revelam o impacto positivo do turismo na criação de empregos formais no Brasil. Ao longo desses meses, o país registrou cerca de 1,17 milhão de empregos com carteira assinada em diversos setores da economia, chegando a um estoque de 43,60 milhões de empregos formais em julho. 

Sobre a RTSC

A RTSC é um grupo financeiro com foco no desenvolvimento do turismo brasileiro. Desde 2014 investe no ecossistema do turismo em todo Brasil a fim de ampliar as opções de hotelaria e entretenimento para brasileiros e estrangeiros.

Compartilhe
0
0
nutra brasil - topo mega banner
cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds