noticias-corporativas

Grand Round Horp apresenta discussões sobre tratamentos do ceratocone e cirurgias ao vivo

Evento realizado pelo Hospital do Olho Rio Preto (HORP) reuniu oftalmologistas de todo o país para assistir discussões médicas e cinco cirurgias ao vivo.

São José do Rio Preto, SP 11/5/2021 – O Grand Round Horp cresce a cada edição. Estamos felizes em continuar disseminando conhecimento científico profundo e gerando discussão entre o meio médico

O ceratocone é uma doença ocular progressiva que causa um afinamento da córnea, a superfície frontal clara do olho, distorcendo-a e modificando a sua curvatura para o formato de cone.

As opções de tratamentos clínicos e cirúrgicos da doença foi tema de mais uma edição do Grand Round Horp, um dos eventos mais importantes e reconhecidos do calendário da oftalmologia, que aconteceu na última quinta-feira, 29 de abril, com transmissão ao vivo pelo YouTube.

O evento, voltado para a educação e disseminação de conhecimento teórico e prático da oftalmologia, contou com a inscrição de mais de 700 médicos e profissionais da saúde de todo o país, e já passa de 1.500 visualizações.

O oftalmologista especialista em córnea do HORP, Dr. Jorge Dias, explica que apesar do nome pouco comum para muita gente, o ceratocone é uma das principais causas de transplante de córnea.
“Existem tratamentos e cirurgias que podem melhorar a visão e proporcionar uma melhor qualidade de vida aos pacientes. Por isso, é tão importante a disseminação de conhecimento entre o meio médico sobre o ceratocone”, assegura o especialista.

A programação foi aberta pelos oftalmologistas Dra. Thaís Chela, Dr. Sérgio Kwitko e Dr. Lauro Augusto. Em seguida, teve início a primeira aula Update em Crosslinking, com o palestrante Dr. Emílio Torres Neto e o discutidor Dr. Thales de Paula.

O evento contou ainda com as aulas: Adaptação de LC em Ceratocone, com o Dr. Leonardo Gontijo; Casos Clínicos de Adaptações de Lentes Especiais em Ceratocone, com o Dr. João Marcos Atique e Dra. Renata Tiemi Kashiwabuchi; Keraring – Segmentos Simétricos/Assimétrico, com o Dr. Frederico Bicalho; e Dalk no Ceratocone, com o Dr. Ramon Coral Ghanem;

Advertisement

Além das aulas, os participantes puderam acompanhar cinco cirurgias ao vivo, em pacientes com diagnósticos de ceratocone, de Implante de Anel Assimétrico; Implante LIO Fácica: ARTIFLEX; e Implante LIO Fácica: Visian ICL. A equipe de cirurgiões contou com Dr. Jorge Dias, Dr. Gleiton Mendonça e Dr. Victor Navarro da Cruz. Já os oftalmologistas Dr. Daniel Godoy, Dr. Leonardo Beraldo e Dr. Ademar Carneiro construíram com discussões sobre os casos.

De acordo com o Dr. Bruno Teno Braga, cirurgião oftalmológico e um dos idealizadores do evento, esta edição superou a anterior em número de participantes. “O Grand Round Horp cresce a cada edição. Estamos felizes em continuar disseminando conhecimento científico profundo e gerando discussão entre o meio médico”, afirma.

Além de tratar pacientes com ceratocone, a equipe de oftalmologistas do HORP – mais de 20 médicos – atuam em várias áreas: glaucoma, catarata, córnea, estrabismo, lentes de contato, oftalmologia geral, oftalmopediatria, plástica ocular, refrativa e retina e vítreo.

Com mais de 40 anos de história, o hospital já cuidou de mais de 350 mil pacientes, de cidades espalhadas pelo Brasil e pela América Latina. São aproximadamente 4,5 mil consultas por mês.

Website: https://www.horp.com.br/

Advertisement

Prêmio Comunique-se

2021

A segunda etapa de votação está aberta!