OPINIÃO

Humor: a retrospectiva do jornalismo 2017

duda-rangel-retrospectiva-2017
(Imagem: Divulgação)

Articulista-parceiro do Portal Comunique-se, Duda Rangel apresenta, de forma bem-humorada, os destaques do jornalismo em 2017. Acompanhe a retrospectiva

Os fatos marcantes, os fatos bizarros e, acreditem, também aconteceu coisa boa! Tudo isso na retrospectiva do jornalismo em 2017 feita pelo articulista-parceiro do Portal Comunique-se, Duda Rangel. Além de pontos engraçados (característicos do canal), o colunista fala sério e traz pontos negativos e positivos da profissão ao longo do ano na imprensa brasileira.

Abaixo, os destaques do vídeo de retrospectiva de Duda Rangel:

  • Revistas extintas e jornalistas demitidos (igual a 2016);
  • Os novos enlaces amorosos de William Bonner e Fátima Bernardes #SQN;
  • A estreia do próprio canal de vídeos do Duda Rangel;
  • O fortalecimento da mídia independente e do jornalismo de dados;
  • Crescimento no consumo de conteúdo informativo via vídeos e podcasts;
  • Retorno ao trabalho do jornalista Rafael Henzel;
  • Repórter com síndrome de down premiada;
  • Greves em redações: lutas por melhores condições de trabalho;
  • Guerra entre fake news e fact-checking;
  • Falso fotógrafo de guerra que enganou a BBC e mais de “100 mil manés no Instagram”;
  • Lauro Jardim “jogou bosta no ventilador” ao falar da delação premiada de Joesley Batista;
  • Revista Veja: “bateu no Aécim, deu capa sobre criança trans e foi xingada de… comunista”;
  • Perdas de Marcelo Rezende, Jorge Bastos Moreno e Carlos Chagas;
  • Furo de Marcelo Bechler, do Esporte Interativo, sobre a ida de Neymar para o PSG;
  • Evaristo Costa e a existência de vida após a Globo;
  • William Waack “falou merda” e foi “enviado para a Transilvânia”;
  • Violaram o sigilo do “Tio Rei”;
  • Jornal paulista transformou Gilmar Mendes em marca de laxante. Vale lembrar que o ministro tem soltado bandidos, mas não solta o retorno da obrigatoriedade do diploma em jornalismo par o exercício da profissão.

E para você? Quais foram os principais destaques – sérios e engraçados – envolvendo o jornalismo brasileiro em 2017?

SOBRE O AUTOR

Duda Rangel

Duda Rangel

Personagem criado pelos jornalistas Anderson e Emerson Couto, Duda Rangel é autor do blog Desilusões Perdidas, da página Jornalismo com bom humor no Facebook, e dos livros “A vida de jornalista como ela é” e “101 profissões fora do comum para pessoas nada normais”.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas

  • SUATV - TV Corporativa, Mural Digital e Digital Signage é SuaTV
  • RIWEB
  • Dino
/* ]]> */

Prêmio Comunique-se 2018