cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds Inovação Energética para o Século 21 : A tecnologia de plasma da Graforce avança na economia do hidrogênio e na remoção de CO2 - Portal Comunique-se cURL Error: Connection timed out after 10000 milliseconds
Portal Comunique-se

Inovação Energética para o Século 21 : A tecnologia de plasma da Graforce avança na economia do hidrogênio e na remoção de CO2

nutra brasil - topo mega banner
cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds

A Graforce está definindo novos padrões para produzir hidrogênio e remover dióxido de carbono com sua tecnologia de plasma transversal (Plasmalysis). Ao aproveitar o efeito catalítico do plasma, uma propriedade única do plasma ionizado, esta tecnologia aumenta significativamente a eficiência das reações químicas e reduz o consumo de energia renovável em 80% comparado com os métodos convencionais de produção de hidrogênio. A plasmalise divide o gás natural e o biogás em hidrogênio e carbono sólido e converte amônia ou líquidos de NH4 em hidrogênio e nitrogênio.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20240226130628/pt/

Graforce offers different advanced and market-ready Plasma technologies for the energy efficient production of clean hydrogen (Photo: ChatGPT)

Graforce offers different advanced and market-ready Plasma technologies for the energy efficient production of clean hydrogen (Photo: ChatGPT)

Além da eficiência energética, a decomposição plasmática de hidrocarbonetos abre um novo caminho para remover dióxido de carbono. A conversão do biometano em hidrogênio e carbono sólido permite o uso valioso do carbono sólido como subproduto. Pode ser sequestrado em solos e materiais de construção, removendo assim o CO2 da atmosfera de forma indireta e permanente. Com uma capacidade de redução potencial de CO 2 de mais de 1,5 gigatoneladas por ano, cerca de 3% das emissões mundiais de gases com efeito de estufa, esta tecnologia estabelece novos padrões de referência na luta internacional contra as alterações climáticas.

Para demonstrar o potencial da tecnologia, a Graforce construiu duas instalações na Alemanha e na Áustria em ambientes industriais. A partir de maio de 2024, estas instalações irão produzir coletivamente até 1,2 toneladas de hidrogênio limpo diariamente a partir de gás natural e amoníaco. O carbono sólido produzido a partir da decomposição do metano será utilizado para melhorar solos agrícolas.

Jens Hanke, fundador e diretor executivo da Graforce, enfatiza a importância da tecnologia: “Nossa tecnologia de plasma fecha ciclos cruciais de materiais e oferece um caminho acessível para a descarbonização, com uso da infraestrutura existente e produzindo calor sem CO2 e hidrogênio sustentável, levando a uma redução significativa nas emissões de gases de efeito estufa.”

A ampla aplicabilidade da tecnologia de plasma em áreas como a divisão de hidrocarbonetos e amoníaco, produção de metano sintético e tratamento de águas residuais sublinha seu papel como tecnologia transversal. Oferece soluções que melhoram a eficiência e a sustentabilidade em importantes setores como petróleo e gás, indústria química, geração de energia e mobilidade.

A Graforce coopera com empresas líderes em engenharia, compras e construção para dimensionar instalações modulares segundo as necessidades do cliente. Para liberar todo o potencial técnico e comercial, a Graforce está aberta a expandir suas parcerias estratégicas para disseminar a tecnologia do hidrogénio a nível mundial.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Graforce GmbH

Dr. Jens Hanke

presse@graforce.de

https://graforce.com/

Fonte: BUSINESS WIRE

Compartilhe
0
0
nutra brasil - topo mega banner
cURL Error: Connection timed out after 10001 milliseconds