OPINIÃO

Jornalista conta como foi “governador” de SC por um ano

Jornalista conta como foi “governador” de SC por um ano
João Paulo Borges em apresentação sobre o "canal do Governador do WhatsApp". Imagem: Reprodução/ Instagram

Confira essa história curiosa envolvendo João Paulo Borges, articulista-parceiro do Portal Comunique-se

1 ano governador de SC. Pouquíssimas pessoas sabem, mas revelo um dos meus segredos: eu fui governador de Santa Catarina pelo WhatsApp entre meio de 2019 e maio de 2020. Como assim? Pois é, vou explicar melhor.

Leia mais:

Não tenho nenhum contato com o governador Carlos Moisés, mas no início de 2019 fui convidado pelo meu grande amigo Gonzalo Pereira para implementar o “canal do Governador do WhatsApp”. Aceitei o desafio, planejamos e em maio de 2019 ele foi lançado oficialmente aos catarinenses.

Desde então, fui a conexão do governador com os cidadãos catarinenses. Com a confiança deles, fui o responsável por administrar este importante canal de comunicação até maio de 2020. Após a implementação do WhatsApp da Federação Catarinense de Municípios, em 2017, esse foi meu maior case. Já implementei mais de 20 nos dois últimos anos.

Advertisement

Enfim, começo a semana compartilhando esse “segredo”, já que é um grande “Case JP” do primeiro e único chefe do Executivo que se tem notícias a disponibilizar um número de telefone público para ouvir e interagir com os cidadãos. Em palestras, conto mais detalhes sobre o projeto, do planejamento a operação. Como fiz em novembro de 2019, na Câmara Municipal de São Paulo, em evento do Instituto Legislativo Paulista, a convite de Gilmar Arruda de Souza.

Atualmente estou trabalhando na implementação de mais um canal de Governador de Estado. Daqui um ano ou mais, conto para vocês.

João Paulo Borges ao lado do governador de SC.

Em tempo, a foto ao lado do governador de Santa Catarina é do nosso único encontro pessoal, quando ele recebeu a equipe de redes sociais dele na Casa da Agronômica. Nunca havia postado. Hoje é dia de abrir o baú.

Como diz o ditado: missão dada, é missão cumprida.

Advertisement

SOBRE O AUTOR

avatar

João Paulo Borges

Jornalista, especialista em ciência política pela Universidade de Brasília (UnB), com 12 anos de experiência em assessoria de comunicação política, institucional e empresarial. Atuou em Brasília de 2007 a 2011, onde assessorou dois deputados federais. Há oito anos trabalha em Florianópolis. Em 2019, concluiu o masterclass de marketing e comunicação política ministrado pelo professor Marcelo Vitorino na ESPM.

Até janeiro de 2019, foi um dos responsáveis pela comunicação da Federação Catarinense de Municípios (Fecam). Na entidade, apresentou, planejou e operacionalizou o projeto de implantação de um canal institucional para distribuição de mensagens pelo WhatsApp -- ação pioneira entre entidades representativas. Dedica-se ao estudo da comunicação pelo WhatsApp desde 2016, publicou artigos com reflexões sobre o tema no Portal Comunique-se e prestou consultoria para implantação de mais de 10 canais oficiais e institucionais para distribuição de informações pelo mensageiro.

COMENTAR

COMENTAR

Prêmio Comunique-se

2021

A segunda etapa de votação está aberta!