COMUNICAÇÃO

Jornalista de Visão: sexteto ganha bolsa de mestrado no exterior

jornalista de visao - bolsa - mestrado - instituo ling
Instituto Ling é o organizador do programa Jornalista de Visão (Imagem: divulgação)

Seis comunicadores brasileiros foram selecionados para bolsa de mestrado Jornalista de Visão. Projeto é oferecido pelo Instituto Ling e será realizado nos Estados Unidos e na Espanha

O projeto Jornalista de Visão divulgou na última semana os nomes dos seis jornalistas brasileiros selecionados para sua 9ª edição. Trata-se de bolsa de mestrado no exterior. Dos profissionais escolhidos, duas são da revista Exame: Flávia Furlan e Talita Abrantes. Débora Ely (Zero Hora), Flávio Tabak (O Globo), Gabriela Sá Pessoa (Folha de S. Paulo) e Guilherme Ibraim (CBN) completam a lista.

O programa, que é promovido pelo Instituto Ling, levará o sexteto de comunicadores para universidades na Espanha e nos Estados Unidos. Os nomes das instituições parceiras não foram divulgadas – assim como as datas referentes ao período de estudos. O que o projeto reforça é que os escolhidos foram definidos com base em três pilares: indicações de executivos de veículos de mídia, perfil de liderança e bom desempenho acadêmico e profissional.

A bolsa Jornalista de Visão é reservada a quem está inserido em algum veículo de comunicação do país, com pelo menos dois anos de experiência no mercado de mídia, e tenha de 25 a 35 anos. Também é necessário ser brasileiro nato, ter ensino superior completo, não ser filiado a nenhum partido polítoco e comprovar fluência na língua inglesa. “Comprometer-se a trabalhar pelo fortalecimento da imprensa no Brasil” é outro requisito divulgado pela organização.

Contribuir com o jornalismo

A equipe por trás do Jornalista de Visão informa que a ideia do projeto, que teve a primeira edição em 2010, é ajudar a revolucionar a imprensa nacional. “O objetivo do programa é identificar jovens com destacados perfil de liderança, atuação profissional e desempenho acadêmico e propiciar que impulsionem o seu desenvolvimento para que possam contribuir significativamente com o jornalismo brasileiro num futuro próximo”. É o que informa o site oficial da entidade.

As bolsas oferecidas

Nas oito edições anteriores, o Jornalista de Visão distribuiu 62 bolsas de estudo. Ao todo, o projeto informa ter investido mais de 2 milhões de dólares nos estudos de mestrados de jornalistas brasileiros. Para este ano, as bolsas serão distribuídas em quatro formatos. Sabe-se que cinco ficarão nos Estados Unidos. Um único selecionado será direcionado para estudar – e viver – na capital espanhola.

Confira:

– 2 bolsas de US$ 60 mil para mestrado full-time em universidade de primeira linha nos Estados Unidos, em curso de livre escolha;

– 1 bolsa de US$ 50 mil para mestrado full-time em universidade de primeira linha, nos Estados Unidos, em curso de livre escolha;

– 1 bolsa de mestrado em um dos cursos full-time oferecidos pela IE School of Human Sciences and Technology, em Madri, na Espanha;

– 2 bolsas para realização do programa de especialização CGEG/BRICLab na Columbia University, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Indicada ao Prêmio Comunique-se

Demonstrando ser um destaque na imprensa, Flávia Furlan tem outra boa notícia além da bolsa de mestrado. Ela aparece na lista de indicados ao Prêmio Comunique-se 2018. A repórter da Exame é uma das 10 figuras na disputa em ‘Cobertura de Empreendedorismo’. Formada em 2007 pela Universidade Metodista de São Paulo, conta com especialização em análises economias pelo Fipe. Antes do veículo da Editora Abril, passou por Brasil Econômico e InfoMoney.

flavia furlan - jornalista de visao - bolsa de mestrado - indicada ao premio comuniquese 2018
Flávia Furlan: futura mestra do jornalismo e indicada ao Prêmio Comunique-se 2018 (Imagem: arquivo pessoal)

SOBRE O AUTOR

Anderson Scardoelli

Anderson Scardoelli

Jornalista, 28 anos. Formado pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e pós-graduado em jornalismo digital pela ESPM. Há nove anos no Grupo Comunique-se, onde idealizou os projetos 'Correspondente Universitário' e 'Leitor-Articulista'. Na empresa, já atuou como freelancer (inserção de conteúdo), estagiário de pesquisa, estagiário de redação, trainee de redação, subeditor e editor-júnior. É, desde maio de 2016, o editor-pleno responsável pelo Portal Comunique-se e pelo conteúdo do Prêmio Comunique-se.

COMENTAR

COMENTAR

Notícias Corporativas