Portal Comunique-se

Jornalistas vencem o Nobel da Paz por defesa da liberdade de expressão

Jornalistas vencem o Nobel da Paz por defesa da liberdade de expressão
Imagem: reprodução/ Twitter.

Para o comitê da premiação, os escolhidos representam jornalistas de todo o mundo

Compartilhe

Dois jornalistas foram vencedores do Prêmio Nobel da Paz, anunciado nesta sexta-feira, 8. A filipina Maria Ressa e o russo Dmitry Muratov receberam o reconhecimento por seu “esforço para proteger a liberdade de expressão”. Em comunicado, a premiação destaca a importância do trabalho dos profissionais para a democracia.

Leia mais:

Junto ao título recebido por suas atuações nos veículos Rappler (no qual Maria Ressa é diretora executiva) e Novaja Gazeta (fundado por Dmitry Muratov), a Academia Real das Ciências da Suécia dará 10 milhões de coroas suecas aos jornalistas, valor equivalente a R$6,3 milhões. O dinheiro será dividido entre os dois premiados.

Em um momento em que a liberdade de imprensa e a informação têm sido temas amplamente discutidos em todo o mundo, a escolha dos vencedores ganha um significado ainda maior. Para o comitê sueco, a escolha tem como objetivo representar todos os jornalistas.

“Ao mesmo tempo, eles são representantes de todos os jornalistas que defendem este ideal em um mundo em que a democracia e liberdade de imprensa enfrentam condições cada vez mais adversas”

defende o material sobre o Prêmio Nobel da Paz

Ainda no comunicado, a Academia Real das Ciências da Suécia ressalta a importância da produção de jornalismo gratuito, independente e baseado em fatos serve para proteger contra o abuso de poder e a propagação de informações falsas.

“Sem liberdade de expressão e de imprensa, será difícil promover com sucesso a fraternidade entre as nações, o desarmamento e uma ordem mundial melhor para ter sucesso em nosso tempo”, aponta o documento em inglês.

Compartilhe
0
0

Julia Renó

Jornalista, 23 anos. Natural de São José dos Campos (SP), onde vive atualmente, após temporadas em Campo Grande (MS). Formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (MS) e voluntária da ONG Fraternidade sem Fronteiras, integra o time de jornalistas do Grupo Comunique-se desde julho de 2020.

Papo de Redação

Prêmio Comunique-se

Patrocinadores Ouro

Patrocinadores Ouro



Patrocinadores Prata

Patrocinadores Prata



Patrocinadores Bronze

Patrocinadores Prata